Criança faz homenagem após perder pai para Covid-19: “A vacina não doeu, o que dói é a saudade”

Enquanto recebia a primeira dose do imunizante contra o coronavírus, Ana Gabriely Ferreira de Lima não segurou a emoção ao prestar tributo ao ex-prefeito de Riacho de Santo Antônio, Gilson Lima

Resumo da Notícia

  • Ana Gabriely Ferreira de Lima homenageou o pai enquanto recebia a vacina contra a Covid-19
  • O homem não resistiu às complicações da doença
  • A menina segurou um cartaz que continha uma mensagem de tributo ao ex-gestor de Riacho de Santo Antônio

No dia 28 de janeiro, Ana Gabriely Ferreira de Lima, de 7 anos, recebeu a primeira dose do imunizante contra a Covid-19, no município de Riacho de Santo Antônio, na Paraíba. Enquanto era vacinada, a criança decidiu homenagear o pai que morreu vítima da doença.

-Publicidade-

Segurando um cartaz com uma frase de tributo, Ana Gabriely apareceu nos registros emocionada. “Papai, a vacina não doeu. O que dói é a saudade do senhor. Estou tomando a vacina por nós dois”, afirmou a menina.

Ana Gabriely perdeu o pai para a Covid-19 em 2021
Ana Gabriely perdeu o pai para a Covid-19 em 2021 (Foto: Reprodução Arquivo Pessoal)

Gilson Lima, pai da criança, era prefeito de Riacho de Santo Antônio. Ele morreu aos 46 anos de idade, após ficar 11 dias internado no Hospital Pedro I, em Campina Grande.

O ex-gestor não havia recebido nenhuma dose do imunizante contra o coronavírus e acabou não resistindo às complicações da doença, que já tirou a vida de mais de 628 mil brasileiros, até o momento da produção desta matéria.

Sobre a vacinação em crianças a partir de 5 anos, com ou sem comorbidades, o estado da Paraíba recebeu vacinas para a campanha infantil no último dia 14 de janeiro.