Criança resgata irmãos gêmeos após casa pegar fogo por incêndio provocado pela própria mãe

Uma mulher provocou um incêndio na própria casa, no qual os quatro filhos estavam na residência. Todas as crianças foram resgatadas

Resumo da Notícia

  • A mãe provocou um incêndio na própria residência
  • Os quatro filhos da mulher foram resgatados
  • Os familiares não souberam o motivo pelo qual a mulher possa ter colocado fogo na própria casa

Uma criança salvou os irmãos gêmeos após incêndio tomar conta da residência. O fogo teria sido provocado pela própria mãe, a Patrícia Lunardi, em um dos cômodos da casa. O caso aconteceu  na última quarta-feira, 10 de março, no munícipio de Xaxim, no estado de Santana Catarina. O Corpo de Bombeiros de Santana Catarina disse que foi convocado para atender o incêndio às 15h11. A mãe morreu no local da tragédia.

-Publicidade-

Ao todo, são quatro filhos: a criança mais velha, os bebês gêmeos e outro filho. O incêndio provocado pela mãe, aconteceu em um dos cômodos da residência. O filho mais velho conseguiu sair de casa e salvar os bebês gêmeos, enquanto os carregava no colo. Já o outro filho, ficou preso, junto com a mãe, em um dos quartos.

Por sorte, o Gabriel, um familiar da Patrícia, passava pelo local e conseguiu ouvir o desespero da mãe e o choro da criança. O parente arrombou a porta, entrou no imóvel e resgatou o quarto filho. Quando o Gabriel, de fato entrou na casa, ele não conseguia mais ouvir as vozes da Patrícia e do filho, por conta da gravidade da situação. Segundo ele, a casa estava em meio às chamas e fumaças.

Bombeiros Voluntários de Santa Catarina (Foto: Reprodução Bombeiros Voluntários de Guaramirim/Divulgação)

“Passei pelo lado de fora da casa, escutei os gritos dela já e de mais uma criança chorando. Aí eu me desesperei. Dei as duas crianças (os gêmeos) pro meu vizinho da frente” falou Gabriel Morais, em uma entrevista concedida à página “Clique Xaxim” no Facebook.

Em complemento, o Gabriel disse: “Não sei explicar, alguma coisa me levou até à criança”. Ainda em relato, o primo disse que sabe o motivo pelo qual a Patrícia ateou fogo na casa, com os quatro filhos dentro: “Acredito que seja depressão. Ela tinha uma separação recente”.