Criança sobrevive de afogamento após ficar mais de 2 minutos submersa na água: “Foi milagre”

Lara estava brincando próximo à margem do rio quando se afastou dos pais

Resumo da Notícia

  • Lara estava passeando com os pais no Rio Matapi
  • A menina acabou se afogando nas águas
  • Dois homens salvaram a criança de 04 anos de idade

No último dia 5 de dezembro, a família de Lara Manuella Corrêa da Costa, de apenas 4 anos de idade, passou por um susto enorme. Em um dia de passeio com os pais, a menina se afogou no Rio Matapi, na Região Metropolitana de Macapá, e passou mais de 2 minutos completamente submersa na água.

-Publicidade-

Lara estava brincando em cima de um trapiche, uma base de madeira utilizada para dar apoio aos banhistas, quando acabou se afastando dos pais. A menina foi parar no meio do rio onde não conseguia ficar de pé.  “Quando perguntei pela Lara, caiu minha ficha e nos desesperamos”, recordou pai da criança, Huiltemar Rodrigues da Costa, de 39 anos de idade, durante entrevista exclusiva ao g1.

Lara estava em cima do trapiche antes do acidente acontecer
Lara estava em cima do trapiche antes do acidente acontecer (Foto: Reprodução Huiltemar Rodrigues/Arquivo Pessoal)

Mas foi Fabrício de Souza Braga, um vendedor varejista, o verdadeiro responsável por resgatar a garota, que ficou mais de 2 minutos embaixo d’água. Assim que percebeu que se tratava de um possível afogamento, o homem pulou dentro do Rio Matapi, que é conhecido pela coloração escura das águas, característica essa que atrapalhou o salvador de localizá-la.

“Depois de passar alguns minutos procurando, senti uma coisa. Percebi que era a perna dela. Me deu um calafrio de medo, mas sabia que era ela. A criança estava toda roxa, escura. Foi algo totalmente fora do comum”, contou Fabrício. Após o resgate, um policial penal prestou os primeiros socorros e ficou mais de 5 minutos tentando reanimar a criança, até que Lara voltasse a apresentar sinais vitais.

Por ter desenvolvido pneumonia, a menina precisou ser internada na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital da Criança e Adolescente (HCA), porém na última segunda-feira, dia 13 de dezembro, recebeu finalmente alta. Entretanto, a família de Lara disse ainda que irá esperar uma recuperação total da filha para marcar um encontro entre ela e os dois homens que salvaram sua vida.