Cubo é encontrado na Lua por chineses após enviarem um robô até lá

A sonda chinesa está no local desde janeiro de 2019 na missão de descobrir o que há no “lado oculto da Lua”

Resumo da Notícia

  • China enviou robô espacial para a Lua
  • O objetivo é descobrir o que há no lado oculto do satélite
  • Recentemente encontraram uma estrutura cúbica no local

No dia 3 de dezembro, um robô enviado pela China à Lua, o Yutu-2, registrou um objeto em forma de cubo no local. A informação foi dada pelo site Our Space, ligado à agência espacial do país.

-Publicidade-

O veículo está a cerca de 80 metros da estrutura e deve se aproximar dela em até três meses. Ele chegou na Lua em janeiro de 2019 e faz parte do projeto que tem o objetivo de observar o lado oculto da Lua.

Depois de decolar da Terra em dezembro, o módulo de exploração Chang’e-4 aterrissou na Lua em janeiro de 2019, tendo escolhido a região da cratera de Von Karman como destino.

Sonda chinesa encontra cubo na Lua
Sonda chinesa encontra cubo na Lua (Foto: Reprodução / Our Space)

Missão lado oculto da Lua

A equipe chinesa espacial tem o objetivo de descobrir o que há do outro lado da Lua. O satélite natural tem uma superfície que está sempre voltada para o lado da Terra, no entanto, nada havia pousado, até então, no local onde o robô chinês se encontra.

Sonda chinesa na Lua
Sonda chinesa na Lua (Foto: Reprodução / Our Space)

“A Lua gira em torno de si mesma em 29 dias e meio, o mesmo ritmo de sua rotação ao redor da Terra, o que explica porque metade do satélite natural do nosso planeta não é visível para os seres humanos. A face oculta é montanhosa e acidentada, cheia de crateras, enquanto o lado visível tem várias superfícies planas para o pouso”, explica o g1.