“Curva de transmissão do coronavírus só terá grande queda em setembro”, afirma Ministro da Saúde

Transmissão feita ao vivo pelo ministro da saúde, nesta sexta-feira, 20 de março, afirmou que a curva de transmissão do covid-19 no Brasil terá queda em setembro. 

Resumo da Notícia

  • Luiz Henrique Mandetta afirma que curva de transmissão do covid-19 terá mudança em setembro
  • A gravidade do problema só terá queda em setembro
  • O anuncio foi feito durante transmissão ao vivo feita por Jair Bolsonaro
Teste covid-19 (Foto: Getty Images)

Na ultima sexta-feira, 20 de março, Luiz Henrique Mandetta confirmou que a curva de transmissão do novo coronavírus no país só terá queda no segundo semestre de 2020. O ministro da saúde afirmou que a melhora vai acontecer em setembro, durante reunião ao vivo feita pelo presidente Jair Bolsonaro.

-Publicidade-

“A gente deve entrar em abril e iniciar a subida rápida, isso vai durar os meses de abril, maio, junho, quando ela vai começar a ter uma tendencia de desaceleração. O mês de julho deve começar o plato. Em agosto o plato vai começar a mostrar tendencia de queda e ai a queda em setembro é profunda, tal qual a de março na China. ” explicou Mandetta. Ele ainda afirmou que de acordo com as situações atuais do sistema brasileiro de saúde, os postos e hospitais públicos podem desmoronar diante da grande demanda de pacientes.

O governo diz que vai tentar segurar o movimento de pessoas o máximo possível, e que as recomendações de isolamento principalmente nos lugares de transmissão comunitária, será necessário

-Publicidade-
Agora, você pode receber notícias da Pais&Filhos direto no seu WhatsApp. Para fazer parte do nosso canal CLIQUE AQUI!