Cynthia Benini abre o jogo sobre relacionamento entre André Gonçalves e filha: “Não é suficiente”

Em novembro de 2021, o ator foi intimado pela Justiça para prestar esclarecimentos sobre a pensão alimentícia de Valentina, de 18 anos de idade

Resumo da Notícia

  • Cynthia Benini comentou sobre a relação de André Gonçalves com a filha, fruto do antigo relacionamento entre os dois
  • A artista criticou a figura paterna do ator
  • Além da dívida, o ator teve a prisão domiciliar decretada

Durante entrevista exclusiva à jornalista Fábia Oliveira, para a coluna Em Off, Cynthia Benini, ex-companheira de André Gonçalvesabriu o jogo sobre a relação entre o ator e a filha de 18 anos de idade, fruto do relacionamento término entre os dois. Em novembro de 2021, a artista moveu um processo contra o pai de Valentina Benini, por falta de pagamentos da pensão alimentícia.

-Publicidade-

“A última vez foi em novembro de 2020, foi a última vez que se viram. Eu que paguei a viagem. Só falar ao telefone não é suficiente. (…) Quando precisei em algum momento para ele ficar com a Valen, ele negou. Ele não é mais a figura paterna, é só o genitor. E já é adulto, precisa ser tratado como tal, não passo a mão na cabeça”, conta Cynthia Benini.

Valentina Benini faz seu primeiro trabalho como modelo
Valentina Benini e André Gonçalves (Foto: Reprodução / Instagram / @valenbenini)

Em seguida, a atriz esclareceu que não guarda rancor contra as ações de André Gonçalves: “Não tenho nada contra ele. Pelo contrário, torço por ele, que trabalhe, seja equilibrado. Só desejo o bem pra ele. Mas ele precisa ter responsabilidade. Optamos juntos por ter a nossa filha amada, desejada”.

“Não pedimos a prisão dele. Até porque esse não era o intuito. Mas chegamos no momento que não existe afeto, diálogo, comprometimento. Então a lei precisa interferir”, explicou ainda.

Pensão

No ano passado, André Gonçalves , de 46 anos de idade, foi intimado pela Justiça de Santa Catarina para prestar esclarecimentos contra as dívidas envolvendo a pensão alimentícia da filha Valentina, de 18 anos de idade. A prisão domiciliar do artista foi também decretada na sentença. As informações foram divulgadas pelo portal de notícias Metrópole.

O processo foi movido pela ex-companheira de André, a jornalista Cynthia Benini, mãe de Valentina. O valor apurado da pensão mensal corresponde à R$ 4,5 mil, entretanto o ator se manteve inadimplente desde 2017 quanto ao montante estabelecido.

André Gonçalves e a filha, Valentina
André Gonçalves e a filha, Valentina (Foto: Reprodução AGNews, Fabio Moreno)

Ao longo dos anos, houve o acumulo da dívida que, devido aos juros e correção monetária, o valor total chegou aos R$ 352.579,01. Em julho deste ano, André Gonçalves teve o carro e a moto apreendidos por conta de determinação judicial.

No entanto, além Valentina, a ex-companheira do ator Tereza Seiblitz, afirmou que ele também deve R$109 mil de pensão há 10 anos para a filha mais velha Manuela Seiblitz, de 22 anos. A jovem trabalha como vendedora em uma loja em Santa Catarina.

De acordo com a sentença dada pela justiça, foi determinado que o artista ficará sob prisão domiciliar durante 60 dias, além de estar sujeito a monitoramento por tornozeleira eletrônica. O advogado de André, Sylvio Guerra, afirmou que o infrator irá cumprir todos os vereditos do judiciário.