Daiane dos Santos se emociona com prata de Rebeca Andrade: “Representatividade muito grande”

A ex-ginasta chorou ao comentar conquista de Rebeca em Tóquio, inédita na história da ginástica artística no Brasil

Resumo da Notícia

  • Daiana dos Santos se emocionou ao comentar a performance de Rebeca Andrade nas Olimpíadas de Tóquio
  • Rebeca ganhou uma medalha de prata inédita na história do Brasil na ginástica artística em jogos olímpicos
  • Daiane se aposentou da carreira de ginasta em 2013

Daiane dos Santos se emocionou ao comentar a conquista de Rebeca Andrade. Nesta quinta-feira, 29 de julho, a ginasta conquistou a medalha de prata nas Olimpíadas de Tóquio, na modalidade da ginástica artística – feito inédito na história do Brasil nos jogos.

-Publicidade-

Sobre isso, a ex-atleta comentou, “Ouvimos que as pessoas negras não poderiam fazer alguns esportes, e aí a gente vê hoje a primeira medalha para uma menina negra”. Chorando, Daiane ainda relembra, “Tem uma representatividade muito grande por trás de tudo isso. É uma mulher, que veio de uma origem muito humilde”.

(Foto: Reprodução/ Youtube)

Daiane se aposentou em 2013, após uma notável carreira dentro da ginástica. Aos 22 anos, Rebeca chegou à final da competição como uma das favoritas ao prêmio, ficando atrás apenas da ginasta americana Simone Biles. Nos aparelhos, a paulista ainda apresentou um desempenho impecável: fez 15.300 no salto, 14.666 nas assimétricas, 13.666 na trave e 13.666 no solo. Ela ainda pode ganhar mais medalhas na disputa do salto, que será no próximo domingo, e no solo, que será no dia 2 de agosto.

Durante a apresentação de Rebeca nas Olímpiadas de Tóquio, a mãe estava assistindo com orgulho. A estrela olímpica está classificada a três finais individuais: solo, salto e gerais. Entre as músicas escolhidas estava “Baile de Favela”, funk brasileiro de MC João. “Foi linda! E embora eu sentisse toda a sua segurança, eu tive que me conter para controlar meus batimentos cardíacos“, contou a mãe.

Rebeca e a mãe (Foto: Reprodução/ Instagram/ @rebecarandrade)

Dona Rosa tem a atleta Rebeca Andrade e outros seis filhos, durante a apresentação de ginástica artística nas Olimpíadas de Tóquio estava vendo se enchendo de orgulho, no sábado, dia 24 de julho. A mãe saia de madrugada de casa para trabalhar de empregada doméstica, onde morava em Guarulhos, em São Paulo, enquanto o irmão mais velho a levava de bicicleta para os treinos e depois continuava o caminho para o trabalho. Confira na íntegra o discurso de Daiane: