David Beckham e filha são perseguidos por mulher que recebe restrição judicial

O ex-jogador David Beckham está processando mulher britânica por perseguição em residências da família e em escola da filha

Resumo da Notícia

  • Sharon Bell pode ser presa por possível assédio a família Beckham
  • Segundo imprensa britânica, ela seguiu filha de David na escola
  • Foi dada uma restrição provisória para a mulher
  • Ela tem que ficar afastada da família em um raio de 500 metros

A britânica Sharon Bell, de 58 anos, pode ser presa por conta de um possível assédio ao ex-jogador, David Beckham e a filha dele, Harper, de 10 anos. O esposo de Victoria já está na justiça com Sharon, mas ela nega o caso e diz ser inocente.

-Publicidade-

Segundo imprensa britânica, a mulher deu um depoimento nesta última segunda-feira, 28 de março, de forma virtual no tribunal. De acordo com o jornal The Mirror, Sharon fingiu ser mãe de uma aluna da escola de Harper para ficar mais próxima da garota e da família Beckham.

David Beckham e família
David Beckham e família (Foto: reprodução / Instagram @victoriabeckham)

Além disso, a mulher enviou 3 cartas para endereços da família de David e Victoria, uma para casa de Oxford, em julho de 2021, e outras duas em setembro e outubro para a residência em Londres. Fora todos esses indícios de perseguição, Bell também foi até uma casa do ex-jogador e isso reafirmou a perseguição da mulher, além da invasão de privacidade da família.

A sentença ainda não saiu, mas Sharon tem uma ordem de restrição provisória, que expira na segunda semana de maio, onde ela está proibida de se aproximar de membros da família Beckham em um raio de 500 metros e também não pode chegar perto das residências de David.

Conforme informações da mídia local, se a mulher não cumprir a medida, poderá ser presa por assédio com pena entre seis meses e dois anos.