De origamis à exercício físico: atividades que seu filho pode fazer durante a pandemia

É fato que desde 2020 a rotina escolar das crianças deram um giro de 360º do que eram antes, e justamente por isso a dica é focar ainda mais em atividades fora das telas para fazer com os filhos

Resumo da Notícia

  • Desde 2020 as técnicas de aprendizado das crianças mudaram muito do que antes era conhecido
  • Por isso, é muito importante se adaptar e conhecer novas formas de ensino para manter os  filhos interessados com a escola e novos aprendizados
  • E justamente por isso é fundamental voltar a focar mais em atividades fora das telas para fazer com suas crianças

Desde 2020 a rotina escolar das crianças deu um giro de 360º do que era antes e isso não se discute. Por conta disso, tivemos que nos adaptar e conhecer novas formas de ensino para manter os filhos interessados na escola e novos aprendizados. O que antes era impensável, como crianças da Educação Infantil participarem de aulas online ou aprenderem o alfabeto por meio da tela de um computador, tornou-se realidade.

-Publicidade-

Para o diretor do Colégio Marista Santa Maria, Everson Ramos, as possibilidades do mundo digital chegaram com muito mais velocidade à escola. “A migração para o mundo digital era um movimento natural e que já estava acontecendo, mas que com certeza foi acelerado para atender a demanda iminente da pandemia”, pontua.

A pandemia mudou a rotina escolar de todas as crianças (Foto: Shutterstock)

Além das telas, que tornaram possíveis a interação e a aprendizagem, muitas iniciativas não digitais também conseguiram entreter (e ao mesmo tempo ensinar!) as crianças durante o isolamento. “Atitudes simples como escrever uma carta, contar histórias e fazer origamis, por exemplo, foram relembradas pelas professoras e pelos alunos e mostraram que a simplicidade pode ser o bastante para acolher e levar afeto a quem precisa em momentos de necessidade”, explica Ramos. Confira 5 sugestões de atividades para fazer com as crianças inclusive quando a pandemia acabar:

1. Escrever cartas à mão

Mesmo as aulas sendo online é muito importante praticar a escrita manual. “Ao escrever em letra cursiva exigimos um apanhado de habilidades prévias como: força, coordenação viso-motora, ritmo, organização mental, atenção, concentração, autorregulação, ritmo, entre outros”, explica a professora do Ensino Fundamental do Colégio Marista Santa Maria, Vanisse Maria.

Mesmo tendo aula online é importante treinar a escrita manual (Foto: Getty Images)

2. Jogar xadrez

Com uma infinidade de jogos disponíveis, o xadrez ainda se destaca como um jogo de estratégia imbatível. De acordo com o professor de xadrez do Colégio Marista Santa Maria, Alberto Paulo, tanto a versão de tabuleiro como o jogo on-line são bons exercícios para a mente. “Seja qual for o meio, o xadrez vai sempre trazer benefícios para o jogador”, conta.

Xadrez é um jogo muito importante para desenvolver a ideia de estratégia (Foto: Divulgação)

3. Fazer origamis

As atividades manuais são grandes aliadas para controlar sentimentos de ansiedade e insegurança que podem surgir devido ao distanciamento social. Fazer origamis, as famosas dobraduras de papel, é uma prática muito benéfica que, além de trazer bem estar, incentiva a união familiar, criando novas memórias afetivas.

4. Fazer brincadeiras sensoriais

Por mais que muito divertidos, os brinquedos tradicionais podem limitar a criatividade das crianças se comparados a outros materiais. A sugestão de Ana Caroline, professora da Educação Infantil do Colégio Marista Santa Maria, é oferecer materiais reutilizados, como potes, tampas e elementos da natureza, como folhas, pedras e flores, por exemplo. “Quando ofertamos atividades sensoriais estamos possibilitando a ampliação de seu repertório promovendo experiências que vão além do que pode ser encontrado no mercado comum”, explica.

Atividades sensoriais ajudam na criatividade do seu filho (Foto: Divulgação)

5. Praticar exercícios em casa

Mesmo estando dentro de casa, não podemos abrir mão dos exercícios físicos. “Além de uma alimentação regrada e boas noites de sono, atividades como yoga, pilates, dança e corrida, por exemplo, são essenciais para uma vida saudável. Corpo e mente mais tranquilos se tornam mais preparados para enfrentar o dia a dia’’, aponta o coordenador do Núcleo de Atividades Complementares do Colégio Marista Santa Maria, Honório Petersen.

As crianças também tem que fazer exercício durante a pandemia (Foto: iStock)