Depoimento de mãe: “Empreendedorismo materno é um caminho intenso e árduo”

Kuki Bailly compartilha aqui histórias de transformação e empreendedorismo do grupo Rededots, idealizado por ela

Resumo da Notícia

  • Tatiana Zanghi é mãe de três e passou por dificuldades quando decidiu empreender
  • Tudo começou quando teve a primeira filha prematuramente
  • Com a própria criatividade nasceu o Cor de Abóbora
  • Almofada Conforto Total é o maior sucesso

 

-Publicidade-

 

(Foto: Arquivo Pessoal)

Tatiana Zanghi é mãe de três e fotógrafa profissional. Foi depois das dificuldades que passou com os filhos e na busca por produtos confortáveis que a Cor de Abóbora nasceu.

-Publicidade-

Tudo começou na gravidez da minha primeira filha, que depois de muitas complicações nasceu prematuramente, trazendo dias muito difíceis. Naquele momento eu já tinha conquistado um sucesso significativo como fotógrafa de moda, mas o desafio de lutar pela saúde da minha bebê tomou conta de mim e me levou ao encontro de um novo universo. Não me refiro somente à maternidade, mas do desenvolvimento infantil como um todo. E foi na dedicação exclusiva que tudo o que eu imaginava ia ganhando forma. Comecei a anotar as minha ideias e dar vida a outro sonho que transformei em empreendimento. Nascia assim a cor de abóbora.

Mudei por completo minha vida quando percebi a importância dos produtos que fazem a diferença no dia a dia de quem cuida. Foram surgindo produtos multifuncionais, que partiam do que eu vivia como mãe, desde o
passeio na pracinha, às noites mal dormidas. A partir disso fui tendo ideias que depois foram para o papel e,
por fim, na parte que eu mais gosto, se materializaram na produção. Na minha segunda gravidez, por exemplo, as dores nas costas começaram a aparecer, pesquisei sobre almofadas e redesenhei para mim a peça que salvou as minhas noites de sono. Quebrei a cabeça – com a ajuda da minha mãe e do meu marido – e fui fazendo.

(Foto: Arquivo Pessoal)

Nunca havia costurado na vida, fui aprendendo na prática e o produto ficou tão bom que batizamos de “Almofada Conforto Total”. Minha filha, então com 5 anos, estava com dificuldades para dormir sozinha na cama e uma bela noite ela usou minha almofada e dormiu a noite toda! Eureca! De manhã perguntei como ela se sentiu e com um sorriso me respondeu: “Foi como dormir com um grande abraço da mamãe”. Muitas pessoas começaram a encomendar a almofada, fui fazendo e foi dando certo. Não imaginava vender tanto, muito menos para crianças, que se tornaram um dos nossos maiores públicos.

Descobri então que a almofada tem diversas finalidades, como conforto na gravidez e na amamentação, apoio para dormir e em outras atividades. Hoje já são mais de mil vendidas e existem outros produtos na Cor de Abóbora. E como empreender sendo mãe de três, cuidar da casa e não pirar? Não é fácil, às vezes dá vontade de largar tudo, mas daí tem que respirar, olhar para o espelho e entender que você é capaz sim, basta acreditar, sacudir a poeira e se reinventar. Empreendedorismo materno é um caminho intenso e árduo, mas é proporcionalmente mágico se você souber ver a magia. Por isso digo que para empreender e ser mãe sempre se dá um jeito!

 

 

 

 

-Publicidade-