Dermatite atópica: o que é, como controlar os sintomas e prevenir a doença no recém-nascido

Irritações na pele ou coceira podem ser sinais da doença, que costuma aparecer nos primeiros anos de vida

Resumo da Notícia

  • A pele do recém-nascido é supersensível e exige cuidados especiais
  • Os pais devem ficar atentos a irritações na pele do bebê pois pode ser sintoma de dermatite atópica
  • Saiba o que é essa doença e conheça bons produtos para tratá-la

A pele do recém-nascido é supersensível e frágil. Cuidar bem dela, principalmente nos primeiros dias de vida, é essencial para o desenvolvimento saudável do bebê. Os pais devem estar atentos a possíveis irritações na pele ou coceira. Isso pode ser sinal de dermatite atópica.

-Publicidade-
Os pais devem ficar de olho na pele do bebê
Os pais devem ficar de olho na pele do bebê (Foto: Getty Images)

O que é dermatite atópica?

Segundo a Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD), a condição é considerada uma doença crônica e não contagiosa, que deixa a pele seca e inflamada. É uma doença caracterizada por uma erupção avermelhada que surge em algumas áreas da pele e provoca coceira intensa, até mesmo em crianças pequenas, com menos de 1 ano de idade.

Crianças com dermatite atópica podem contrair outras doenças alérgicas
Crianças com dermatite atópica podem contrair outras doenças alérgicas (Foto: Getty Images)

A dermatite atópica geralmente aparece nos primeiros anos de vida, e com maior frequência nas famílias cujos pais possuem asma, rinite ou até mesmo a própria doença. É comum que crianças com dermatite atópica tenham outras doenças alérgicas. A coceira é o sintoma mais frequente na dermatite atópica e geralmente é mais intensa à noite e durante períodos de estresse. Além disso, pode ocorrer também o aumento da irritabilidade no bebê.

O que causa essa doença?

As causas da dermatite atópica podem estar relacionadas à herança genética, alterações estruturais e funcionais da pele e do sistema imunológico, além de fatores ambientais e psicológicos. A complicação é mais comum em bebês que têm pais ou parentes próximos com alergia de pele ou das vias respiratórias, como rinite e asma.

As crises são desencadeadas com o excesso de estresse e ansiedade, sudorese e inclusive agentes irritantes de produtos de limpeza, como sabonetes perfumados ou amaciantes de roupas. As emoções podem influenciar na pele porque o sistema nervoso está diretamente conectado a ela. Se o bebê está estressado e ansioso, uma nova crise de dermatite atópica pode ser desencadeada pelas emoções.

A produção de suor desencadeada pelo calor pode provocar crises de dermatite atópica
A produção de suor desencadeada pelo calor pode provocar crises de dermatite atópica (Foto: Shutterstock)

O calor também é um dos fatores desencadeantes da dermatite atópica. Em países com temperatura elevada na maior parte do ano, o ideal é que o bebê esteja vestindo roupas leves. Os alimentos industrializados, com corantes vermelhos ou amarelos, são “vilões” muito comuns no desencadeamento de alergias. Algumas substâncias químicas, como amaciantes e perfumes, também costumam estar nessa lista.

Como evitar?

O ideal seria identificar e eliminar o fator desencadeante. É recomendado evitar o uso de amaciantes nas roupas e utilizar sabão neutro na lavagem, como o de coco. Banhos rápidos e mornos, não mais do que uma vez ao dia, e uso de cremes hidratantes neutros também podem ajudar a evitar a dermatite atópica.

Banhos demorados podem prejudicar a pele do bebê com dermatite atópica
Banhos demorados podem prejudicar a pele do bebê com dermatite atópica (Foto: Getty Images)

A irritação pode ser recorrente, indo e voltando ao longo do tempo. Felizmente essa doença costuma melhorar sozinha e, em muitos casos, até mesmo desaparece totalmente. Para ajudar nesse processo, bons produtos de limpeza e hidratação do corpo podem manter a pele do bebê saudável.

Como manter a pele da criança saudável?

Existem alguns produtos que podem ajudar a manter a pele do bebê saudável e amenizar os sintomas da dermatite atópica. A Granado tem uma linha especial de produtos suaves e específicos para a pele, formulada com óleos vegetais e vitamina E que protegem e nutrem a pele do bebê.

É superimportante manter a pele do seu bebê sempre hidratada. A Loção Hidratante Dermocalmante da Granado hidrata profundamente e restaura a barreira protetora. Como não agride a pele delicada do seu filho, ela pode ser usada desde o nascimento e todos os dias. É interessante criar o hábito de hidratar o corpo do seu filho; esse momento de relaxamento pode contribuir bastante para a melhora da doença.

A Loção Hidratante Dermocalmante da Granado é formulada com ceramidas, alantoína, proteínas do trigo, da aveia e amêndoa doce, manteiga de karité e óleo de girassol
A Loção Hidratante Dermocalmante da Granado é formulada com ceramidas, alantoína, proteínas do trigo, da aveia e amêndoa doce, manteiga de karité e óleo de girassol (Foto: Divulgação)

Na hora do banho, você pode usar o Sabonete Líquido de Glicerina da Granado, feito com pH adequado para a pele do bebê. Com uma textura suave e ótima para a pele delicada do recém-nascido, ele a deixa macia, perfumada e limpa.

O sabonete Líquido Bebê Tradicional, feito a partir da glicerina vegetal e com pH da pele do bebê, é livre de parabenos, ingredientes de origem animal e dermatologicamente testado
O sabonete de Glicerina, feito a partir da glicerina vegetal e com pH da pele do bebê, é livre de parabenos, ingredientes de origem animal e é dermatologicamente testado. (Foto: Divulgação)

Os óleos também são importantes para a saúde da pele do bebê. Após o banho, você pode aplicar o Óleo Tradicional da Granado, que ajuda a proteger e nutrir a pele do bebê e é formulado com óleos vegetais e vitamina E.

O Óleo Tradicional da Granado ajuda a proteger e nutrir a pele do bebê
Os óleos da Granado são livres de conservantes, corantes, óleo mineral e ingredientes de origem animal (Foto: Divulgação)

Eles também proporcionam um momento de muito carinho entre pais e filhos por meio da massagem. Além de promover alívio e relaxamento, o toque pode transmitir muito amor e, assim, estabelecer e fortalecer vínculos.