Desabafo de pai viraliza: “Não quero acreditar que minha esposa comeria nossos filhos”

O homem escreveu um relato no Reddit onde conta que a grávida está agressiva por não comer seu prato preferido todos os dias no jantar

Resumo da Notícia

  • Um homem postou um desabafo no fórum do Reddit sobre a gravidez da esposa
  • O futuro pai conta que a esposa está esperando por trigêmeos
  • O americano conta que a mulher está tendo desejos perturbadores por comida chinesa

Um homem postou um desabafo no fórum do Reddit que está dando o que falar. O futuro pai conta que a esposa está esperando por trigêmeos e que está tendo desejos perturbadores por comida chinesa! No relato, o homem diz que a mulher fica tão agressiva se não recebe seu prato preferido todos os dias na hora do jantar que ele teme pela vida dos filhos ao lado de uma mãe tão faminta.

-Publicidade-
O desabafo viralizou no fórum (Foto: Getty Images)

“Minha esposa e eu estávamos tentando ter um bebê há pouco mais de um ano, mas não tínhamos conseguido, até que eu comprei uma comida em um novo restaurante perto de nossa casa. Molly havia abortado na semana anterior e estava depressiva desde então. Sei que a comida chinesa é a favorita dela e pode ser a única maneira de conseguir uma refeição completa”, escreveu o anônimo. Depois do jantar e de uma madrugada agitada, Molly engravidou novamente. E os desejos também.

O americano continua a contar que desde aquele dia, a esposa cozinha comida chinesa todos os dias e o fazia buscar frango com laranja no restaurante próximo a casa deles. “Os desejos de Molly por comida chinesa eram obscenos. Eu estava tendo que fazer viagens diárias depois do trabalho para o maldito lugar e o cheiro daquilo estava começando a me fazer vomitar. Durante uma noite, descobri que o lugar havia sido fechado”, diz ele. Se preparando para o pior, o homem cozinhou ele mesmo o frango e deixou um prato para a esposa.

-Publicidade-

“Ela nem mesmo pegou talheres, apenas mergulhou a mão na comida. Ela colocou a comida quente em sua boca e franziu a testa”, relata. Mas o pior estava por vir: ao perceber que não era a comida do restaurante, a grávida jogou o prato contra a parede e saiu furiosa da cozinha, batendo a porta. “A mulher com quem casei ficou irreconhecível em comparação com este maníaco barrigudo que tomou o lugar dela”, fala o homem.

A crise de abstinência nunca chegou a passar, segundo o anônimo, pelo não até o dia em que ele escreveu o relato. Mas os dias seguintes o marcaram de maneira especial: no primeiro, Molly gritou tanto que a polícia foi até a casa verificar o que acontecia; no segundo, ela deu um tapa no marido e cravou as unhas no pescoço dele; no terceiro, ela desabou a chorar de saudade da sua refeição e, no quarto dia, trancou o marido para fora do quarto.

“Não quero acreditar que minha esposa comeria nossos filhos, mas isso acontece na natureza o tempo todo, se você pensar bem. Acho que assim que os filhos poderem sair do hospital, vou pegá-los e me divorciar de minha esposa”, finaliza ele.