Dia da Felicidade: a importância de viver o agora e aproveitar cada momento

Todo sentimento vale a pena, e com a felicidade não seria diferente. Apesar de um ano bastante difícil, é superimportante viver o presente e, claro, encontrar a razão nas pequenas coisas

Resumo da Notícia

  • 20 de março é o Dia da Felicidade
  • É superimportante viver o aqui e agora e curtir a família ao máximo
  • É possível encontrar essa felicidade aprendendo a entender e a lidar com as emoções

Você sabia que 20 de março é o Dia da Felicidade? Representada de várias formas e jeitos, pelas mais diversas razões que existem, uma coisa é certa: todos buscam, de alguma forma, a tal da felicidade. É aqui que entra a grande questão da vida (e a loucura total) depois da chegada dos filhos. E o que parece um desejo justificável e superlouvável, pode se transformar em fonte de muito conflito, medo e angústia.

-Publicidade-
No Dia da Felicidade (e também para a vida!) é importante encontrar a razão nas pequenas coisas (Foto: Shutterstock)

Mas, calma! É possível encontrar essa felicidade aprendendo a entender e a lidar com as emoções, além de focar no aqui e agora. Apesar de um ano bastante difícil, lembramos com muito carinho da nossa discussão lá de 2020, no 9º Seminário Internacional Pais&Filhos, onde batemos um papo (super)importante sobre o tema.

Tiago Tatton, pai de Clara Luz, pós-doutor em Psiquiatria e co-fundador da Iniciativa Mindfulness, explica que devemos aproveitar o aqui e o agora nos momentos de felicidade. “É importante saborear a felicidade enquanto ela está acontecendo. As vezes nós estamos felizes e não conseguimos nem perceber. E isso passa. É importante se conectar com tudo aquilo que é presente, que é real!”.

Para a atriz Miá Mello, mãe de Nina e Antônio, a felicidade é mais simples do que parece: “É encontrar pequenos sonhos e conquistas que te deixam feliz”. Débora Bastos, mãe de José, publicitária e fundadora do projeto Criando Crianças Pretas, completa ainda que “a felicidade é a soma de emoções como paz, liberdade e aceitação. Às vezes, a gente é feliz e nem está sabendo. Botamos tudo em parâmetros e a felicidade não é assim, é aceitação”.

Ser feliz é saber valorizar o presente e, principalmente, encontrar o que temos de melhor em nós mesmos (Foto: Getty Images)

Apesar dos mais diversos caminhos que levam até a felicidade, um deles é valorizar o presente. Parece clichê, mas funciona. “A felicidade está nas pequenas coisas. Às vezes, as pessoas depositam a felicidade nas coisas grandes, como gastar muito dinheiro, mas a felicidade é estar com quem você ama e quem cuida de você. É o simples sentar no sofá de casa comendo um pão na chapa com seu filho. Isso pode significar a felicidade plena”, conta Rodrigo Capella, pai de Theo, ator e humorista.

Para criar um filho feliz, é importante estar bem consigo mesmo. “Felicidade é uma autobiografia que nos dá orgulho. O único momento que é possível ser feliz é o agora. Estou aqui acabando de ajudar minha filha com a tarefa, conversando com minha outra filha sobre como será a semana. Minha esposa está dormindo. Temos saúde e amor. Nunca fui tão feliz. A felicidade só existe dentro da gente, não fora”, conclui Marcos Piangers, jornalista e nosso colunista, pai de Anita e Aurora.