“Dia do Sim”: veja curiosidades sobre o novo filme infantil da Netflix

Já pensou aceitar todos os pedidos dos seus filhos por um dia? Pois é! Essa é a história do longa-metragem que estreia no streaming nesta sexta-feira, 12 de março

Resumo da Notícia

  • "Dia do Sim" estreia no Netflix nesta sexta-feira, 12 de março
  • O filme conta a história de um casal que resolveu dizer apenas sim para todos os pedidos dos filhos
  • Te contamos algumas curiosidades sobre o longa

Você provavelmente passa o dia dizendo vários “nãos” para seus filhos: “não mexa aí”, “não brigue com seu irmão”, “não pode comer doce antes do jantar”. Mas já pensou passar um dia todo podendo dizer apenas “sim” a tudo que eles pedirem? Foi pensando justamente nisso que a Netflix criou o novo filme “Dia do Sim“. O longa, inspirado no livro de mesmo nome, conta a história de um dia que os pais decidiram ceder às vontades dos três filhos e fizeram um combinado: eles teriam que passar o dia todo dizendo apenas sim para tudo que as crianças pedissem.

-Publicidade-
“Dia do Sim”: descubra curiosidades sobre o novo filme da Netflix (Foto: divulgação)

O resultado, você já deve imaginar: uma aventura atrás da outra! No filme, que estreia nesta sexta-feira, 12 de março, a família passa pelas mais diversas situações ao longo desse “dia do sim” – desde dirigir por um lava-rápido com os vidros do carro aberto até uma passagem na polícia.

Veja algumas curiosidades sobre o filme ‘Dia do Sim’:

  • Na cena em que a família passa por um lava-rápido com as janelas do carro abertas, a equipe de direção de arte esvaziou um lava-rápido real e usou sabonete para bebês, rodos feitos com tapetes de ioga e um tanque de 15 mil litros de água. Apesar de limpa e segura para o set, a água estava muito fria. As  reações que aparecem no filme são 100% verdadeiras.
  • O Kablowey, jogo de balões de água que combina pique-bandeira e paintball, não existe na  vida real. Foi inventado pela equipe do filme! A cena foi filmada ao longo de uma semana em um parque em Altadena, na Califórnia. Os figurantes eram atletas (incluindo ginastas e especialistas em parkour) e dublês, para garantir que aguentariam os balões de água explodindo e que conseguiriam acertar os alvos com precisão. No final da semana, mais de 55 mil balões de água tinham  sido usados na cena.
  • Jennifer Garner morre de medo de montanhas-russas na vida real e saiu da personagem quando entrou na Twisted Colossus pela primeira vez na cena do Magic Mountain. Ela ficou  tão assustada que chamou Jenna Ortega pelo nome em vez de “Katie” e segurou na mão dela com tanta força que deixou a marca do anel. Mas Garner acabou se acostumando: ela teve que repetir a cena e depois ainda encarou a montanha-russa pela terceira vez porque Julian Lerner queria ir com ela. Coisa de mãe, né? 
  • Miguel Arteta, diretor do filme, viu Édgar Ramírez pela primeira vez em ‘Joy: O Nome do Sucesso’, com Jennifer Lawrence, e pensou que o ator seria ótimo para uma comédia. Ele adorou quando Ramírez aceitou fazer o papel de Carlos Torres. Foi a primeira comédia da carreira do ator.
  • Família no set! Jenna Ortega tem muitos irmãos e irmãs e ajuda a cuidar dos menores, então ela assumiu esse  papel no set, cuidando de Julian Lerner e Everly Carganilla.
  • Julian Lerner já era fã do livro Dia do Sim antes mesmo de fazer o filme, porque a tia lia para ele.
  • No começo, a ideia era que o personagem de Nat Faxon aparecesse em apenas uma cena. No  entanto, o ator, diretor e roteirista vencedor do Oscar foi tão engraçado que a equipe incluiu  mais duas cenas com ele, totalmente improvisadas.
  •  Nas cenas da festa nerd, foram usados 1.135 litros de espuma atóxica. Oito membros da  equipe de efeitos especiais tinham que limpar a espuma depois de cada tomada, e a parte interna da casa da família Torres ficou totalmente destruída depois dos três dias de filmagem (ainda bem que era só um set e não uma casa de verdade).
  • Jennifer Garner aprendeu ukelele para tocar “Baby, I Need Your Loving”, do The Four Tops,  no FleekFest.