Dia dos Pais: “Eu não trocaria a paternidade por nada, agradeço por ser pai”

Todo segundo final de semana de agosto é comemorado o dia deles aqui no Brasil! Desta vez, em parceria com o Hipermercado BIG, vamos fazer homenagens emocionantes para esses caras, para reforçar a importância dessa data e de uma paternidade cada vez mais ativa

Resumo da Notícia

  • Como vai ser o Dia dos Pais na sua casa? Com o isolamento social, aquele domingo em família com todos os parentes reunidos não vai ser possível, mas não podemos deixar de comemorar!
  • Em parceria com o Hipermercado BIG, a Pais&Filhos lançou o desafio de responder a uma pergunta: qual foi o momento mais BIG da sua vida com seu pai ou com seu filho?
  • Neste texto, você lê o depoimento de Thiago Couto, do @papaiurbano, pai de Noah!
Thiago Couto, do @papaiurbano, com o filho Noah (Foto: arquivo pessoal)

Se existe uma coisa que nós acreditamos é no amor entre pais e filhos. Na situação que estamos vivendo no mundo inteiro tivemos dificuldades, mas também, muitas famílias conseguiram olhar para o lado positivo e encarar o problema de uma maneira mais leve.

-Publicidade-

A Pais&Filhos, em parceria com o Hipermercado BIG, está fazendo a seguinte pergunta para a nossa audiência durante o mês dos pais: qual foi o BIG momento da sua vida com seu pai ou com seu filho? O Thiago Couto, do @papaiurbano e pai de Noah, deu seu depoimento e trouxe uma visão positiva sobre o isolamento social. Explicou como ele e o filho aprenderam, durante este tempo, que podemos ser muito felizes com as pequenas coisas. Leia o depoimento completo abaixo:

Thiago Couto e Noah aprenderam durante o isolamento social que podemos ser felizes com as pequenas coisas (Foto: arquivo pessoal)

“Sou pai de primeira viagem e participo ativamente da criação e vida do meu filho. Um dos momentos mais marcantes na minha paternidade, aconteceu minutos antes do nascimento. Enquanto esperava ao lado de outros pais, comecei a pensar o quanto minha vida mudaria.

-Publicidade-

Minha vida mudou e mudou muito, rs! Mas não troco essa experiência de hoje por nada. Aprendi o verdadeiro significado da palavra amor e a cada dia, sou mais grato por ser pai. Os primeiros dias após o nascimento do Noah, fui me reinventado e aprendendo coisas novas.

Sendo pai de primeira viagem em uma sociedade machista, eu não tinha nenhuma noção de como fazer certas tarefas. Na minha vida, sigo deste princípio: vivemos em sociedade e precisamos ser funcionais, independente de gênero. Aprendi, mesmo com erros, e não deixei de estar ao lado do meu filho nem por um segundo.

Com a chegada da pandemia tivemos que nos reinventar. Eu e o Noah ficávamos juntos o dia inteiro, mas tínhamos uma rotina de atividades fora de casa superintensa. Após o decreto da quarentena ficávamos em casa 24h por dia e as atividades mudaram. Lemos mais, brincamos mais, comemos mais e criamos mais memórias afetivas. O que mais aprendi neste período, que ainda não acabou, foi que podemos ser muito felizes com as pequenas coisas”.

Se você quiser participar da ação responda à pergunta “qual foi o seu momento mais BIG com seu pai ou com seu filho” usando a #MeuBIGPaiFeliz. Dia 06 de agosto às 15h, vamos levar esse bate-papo para uma conversa ao vivo, numa live transmitida de forma simultânea em todos os canais da Pais&Filhos.

-Publicidade-