Dizer para a criança que o Papai Noel não dá presente se ela não se comportar realmente funciona, diz estudo

A pesquisa ainda revelou que elas ficam muito decepcionadas e tristes quando sugerem que o bom velhinho não é real

(Foto: Gety Images)

Que atire a primeira pedra quem nunca usou a velha tática do “se você não se comportar, o Papai Noel não vai te dar um presente” com os filhos.

-Publicidade-

Parece que essa estratégia realmente dá certo com as crianças. Segundo uma pesquisa feita pela Universidade de Exeter, no Reino Unido, feita com 4.200 pais em todo o mundo, cerca de 33% das crianças melhoram o comportamento até o Natal para ganhar o presente.

“Cerca de 40% dos entrevistados usaram a ideia do Papai Noel para fazer com que seus filhos se comportem ao longo do ano”, explicou o psicólogo Chris Boyle, um dos autores da pesquisa, em entrevista ao Daily Mail.

(Foto: Gety Images)

A pesquisa ainda revelou que a maioria das crianças ficam muito decepcionadas e tristes quando sugerem que o Papai Noel não é real. “Para alguns, isso afetou sua confiança nos adultos e causou tristeza, o que diminuiu a alegria que sentiram em celebrar o Natal”, defendeu o especialista.

Os pesquisadores também descobriram que pessoas que possuem qualificações acadêmicas de alto nível, como doutorado, começaram a questionar a existência do Papai Noel com 7 anos de idade. Mas essa desconfiança toda não aconteceu tão rapidamente para pessoas com qualificações mais baixas ou sem qualificação.

Ela alerta que se o seu filho já passou dos 7 ou 8 anos de idade e deu sinais de desconfiança sobre o Papai Noel, é melhor falar sobre a tradição que envolve esta época do ano e dizer a verdade.

Leia também:

Natal: veja o presente ideal para a criança de cada signo

Em carta de Natal, menino pede emprego para o pai: “Não quero mais nada”

Fábio Júnior reúne os filhos para celebrar o Natal e o clima é de amor