Família

Do que seus filhos precisam? A resposta é mais simples do que você imagina

Marcos Piangers fala da importância do papel do pai

Ana Beatriz Alves

Ana Beatriz Alves ,Filha de Maria de Fátima

99

No meio da correria do dia a dia não temos tempo pra pensar no quão atolados estamos. E pode ser bem difícil parar tudo, respirar e dar atenção aos filhos. Às vezes, o estresse é tanto que podemos pensar como um peso a obrigação de passar mais tempo com as crianças. A sugestão de Marcos Piangers, autor do livro O Papai é Pop e pai de Anita e Aurora, é refletir sobre o porquê de ter que passar mais tempo com os filhos.

“Para mim, pessoalmente, essa reflexão que é a resposta: quanto mais tempo eu passo com as minhas filhas, mais eu aprendo, mais feliz eu sou, mais encantado é o meu mundo, mais curioso eu fico.” Isso ajuda a criar um relacionamento mais próximo, fazendo do convívio mais leve, feliz e trazendo benefícios até para a saúde.

Para ajudar outros pais a entenderem a importância dessa interação entre pais e filhos, o Kurotel – Centro Médico e Spa de Longevidade de Gramado, está promovendo uma semana, do dia 8 ao 15 de outubro, com diversas opções de lazer e diversão para adultos e crianças, que poderão participar de atividades coletivamente e individuais.

Uma das atrações será a palestra de Marcos com o tema “Do que meus filhos precisam?”. E não tem segredo: é de tempo! Muitos pais confundem e acham que a maior necessidade é o dinheiro. Afinal de contas, é preciso pagar escola, hospital, brinquedos.

São coisas importantes, mas que não substituem o que eles realmente precisam, que é de mais atenção, mais carinho e de ter uma referência nos pais de mentores, para explicarem como funciona o mundo e ensinar a eles quem precisam ser educados e gentis.

“O pai e a mãe têm de servir como um farol, um guia que vai apontar os melhores caminhos, os menos dolorosos, afinal de contas, a gente tem mais experiência para isso.” Ou seja, não é só função da mãe. O pai tem que participar sim!

A família dos anos 50, onde o homem trabalhava  e a mulher cuidava das crianças, não representa mais a sociedade moderna, e é preciso entender e aceitar que as mulheres estão no mercado de trabalho, muitas sustentam o lar e alguns homens ainda ficam com a imagem de simplesmente pagador de contas.

“É importante que o pai seja uma figura mais presente, mais participativa na família para eventualmente liberar a mãe para ela fazer o que bem entender e dar o referencial para o filho o que é ser homem e pai.”

Mais informações sobre a Semana da Família

 

Leia também:

30 maneiras de ficar mais tempo com seu filho 

Pai faz aulas de balé só para passar mais tempo com a filha

Veja como é quando sua esposa está grávida ao mesmo tempo que você

Você gostou desse conteúdo?

Sim Não