Doenças respiratórias de inverno: 7 dicas para manter a família protegida na estação

O frio chega e logo vem aquela preocupação com as doenças respiratórias na estação! Segundo a Organização Mundial da Saúde, as alergias atingem, em média, 30% da população mundial, por isso é importante se preparar e cuidar de quem mais amamos

Resumo da Notícia

  • Segundo a Organização Mundial da Saúde, as alergias atingem, em média, 30% da população mundial
  • No outono/inverno as doenças respiratórias costumam ser bastante comuns
  • Desde cedo, é muito importante cuidar da imunidade e manter a saúde em dia

Quando o frio chega, logo vem também a preocupação com as doenças respiratórias, que costumam afetar mais as crianças no outono/inverno. Segundo a Organização Mundial da Saúde, as alergias atingem, em média, 30% da população mundial. A boa notícia é que dá para prevenir os “gatilhos” que costumam desencadear problemas como resfriados e gripes, sinusite, rinite alérgica, otite, pneumonia, asma, entre outras.

-Publicidade-

Nesta época do ano, é mais comum que bebês e crianças possam enfrentar esses problemas, justamente por não terem o sistema imunológico bem desenvolvido. Diferente da gripe, que possui uma vacina contra a doença, existem pelo menos 200 tipos diferentes de vírus que causam os resfriados. Por isso, é muito importante que toda a família se proteja e adote as medidas necessárias para o bem-estar de todos.

Por que as doenças respiratórias são mais comuns no inverno?

Geralmente, as doenças respiratórias de inverno são mais comuns por passarmos mais horas dentro de um ambiente fechado, sem sol e pouco úmido. Como resultado, pode haver mais mofo e bolor, que são alimentos para os ácaros.

No inverno, essas doenças costumam se espalhar com mais facilidade – é verdade -, mas não devemos baixar a guarda! Nos outros meses do ano, é muito importante adotarmos hábitos saudáveis que ajudam no fortalecimento do sistema imunológico. Fazendo pequenas mudanças em casa, é possível atingir esse objetivo!

É possível proteger toda a família das doenças respiratórias de inverno mudando alguns hábitos dentro de casa(Foto: Shutterstock)

Fatores que podem desencadear doenças respiratórias

  • Mudanças de temperatura
  • Baixa umidade do ar
  • Mofo
  • Ácaros
  • Poeira

Como proteger a família das doenças respiratórias de inverno

O inverno não precisa ser sinônimo de mal-estar, espirros, dor de cabeça ou tosse. Por isso, colocar alguns hábitos na rotina da família vai tornar a estação ainda mais tranquila e sem surpresas! Confira abaixo algumas medidas para praticar desde já dentro de casa:

Hidratação é tudo: consumir água e sucos naturais ajuda a manter o corpo funcionando bem, além de fortalecer o sistema imunológico. A dica é sempre andar com uma garrafinha na bolsa!

Nada de aglomerações: principalmente em tempos de pandemia, é muito importante evitar lugares fechados. Por isso, não esqueça de lavar as mãos e usar máscaras.

Mantenha a carteira de vacinação em dia: cumprir todo o calendário vacinal é fundamental. As vacinas são a base da proteção e muitas delas nos blindam contra várias doenças respiratórias típicas de inverno. Certifique-se de que todos da família estejam com a carteirinha em ordem!

Faça a limpeza das vias aéreas: você sabia que o nariz é a porta de entrada para muitas bactérias? Coloque na rotina a higienização do nariz! Pode ser com água, spray, seringa… O importante é tornar isso um hábito.

Mantenha uma dieta equilibrada: essa também é uma ótima alternativa para fortalecer o sistema imunológico, afinal, nossa saúde também é reflexo do que colocamos no prato. No caso dos bebês e das crianças menores, a amamentação é uma grande aliada. O leite materno oferece todas as substâncias que eles precisam para manter a imunidade em alta.

Crie uma rotina de sono: ter noites bem dormidas só trazem benefícios ao organismo. Por isso, adote o hábito de criar uma rotina na hora de dormir, pois isso ajuda (e muito!) no fortalecimento do sistema imunológico. Quando estiver chegando a hora de dormir, diminua as luzes, dê um banho quentinho, conte uma história e coloque uma música tranquila de fundo.

Utilize um purificador de ambientes: estudos mostram que o ar dentro de casa pode ser até cinco vezes mais prejudicial do que o externo! Por isso, é muito importante garantir a qualidade de vida dentro de casa.

Qual purificador de ar comprar?

Pensando em cuidar das famílias, a POLISHOP acaba de lançar no Brasil o Purificador de Ar Air Purifier da marca Midea, líder mundial em cuidados com o ar. A partir dele, é possível eliminar até 99,9% de vírus, bactérias, germes e esporos de mofo que estão vivendo no ar!

“O diferencial do Purificador de Ar Air Purifier Midea está em seu filtro de alto padrão, chamado HEPA H13, reconhecido internacionalmente e utilizado em hospitais, aviões e em ambientes que precisam ter um ar limpo e purificado”, explica Felipe Costa, representante e especialista da Midea, que acompanhou os testes realizados no produto em laboratórios renomados e internacionais.

Purificador de Ar Air Purifier Midea (Foto: Divulgação)

Um grande diferencial do produto é a tecnologia em luz UV, que retém os alérgenos no filtro e garante a purificação completa do ar. São três estágios para deixar sua casa mais protegida: Pré-filtro de Carbono, Camada de Carvão ativado e Camada Antibacteriana, responsáveis por reter partículas maiores, pelos, cabelos, e eliminar odores de cigarro, comida e de animais de estimação.

Pode ser usado diariamente e ajuda a diminuir os “gatilhos” das famílias que sofrem com problemas respiratórios, como sinusite, rinite, bronquite e asma. Em um ambiente de até 25m², a purificação é feita em apenas 20 minutos! O Purificador Air Purifier Midea pode ser encontrado por R$ 911,89. Para comprar no e-commerce, é só clicar aqui.