Em família! Pai e filha médicos operam juntos pela primeira vez

O cirurgião, Harold Roberts, recebeu a filha em sua equipe

Resumo da Notícia

  • A médica se tornou parte da equipe médica do pai
  • O cirurgião, Harold Roberts, possui 30 anos de experiência
  • O pai da médica afirmou que a cirurgia ocorreu bem e até elogiou sua filha

O cirurgião Harold Roberts, que possui 30 anos de experiência, realizou uma cirurgia especial, já que contou com a ajuda de sua filha Sophia Roberts, que também é médica. Ela se tornou parte da equipe médica do pai no Hospital Barnes-Jewish, em Washington, nos Estados Unidos.

-Publicidade-

Em entrevista a emissora TV NBC KSDK, Sophia contou que desde pequena já sabia que seguiria a mesma carreira do pai. “Minha irmã Beth sempre dizia: Você sabe que ela é muito boa nisso!”, contou o cirurgião.

A filha afirmou que sempre reconheceu o pai como uma pessoa especial, e se empenhou muito para seguir os estudos e entrar na Universidade de Washington. “Alguém aparecia e dizia: Dr. Roberts, você não se lembra de mim, mas operou minha mãe e deu a ela 10 anos extras. Isso teve um grande impacto em mim quando criança”, relembra ela.

Com 30 anos de experiência, Harold Roberts teve a companhia da filha na cirurgia. (Foto: Reprodução / BJC HEALTHCARE)

Sophia está no segundo ano de um programa de treinamento, que dura sete anos, para que possa se tornar uma cirurgiã cardiotorácica. Já seu pai, foi convidado no ano passado para participar da equipe do programa cardiovascular e vascular da universidade dela.

O médico conta que questionou a filha se ela teria problema em trabalhar junto com ele no programa. “Minha resposta imediata foi: Sim, você tem que fazer isso!”, conta ela.

A jovem, que teve a oportunidade de fazer uma cirurgia ao lado do pai, não esconde o orgulho que sente de Harold: “A cirurgia cardíaca é realmente como o melhor esporte de equipe. E realmente, é o cirurgião que lidera e meio que dita o clima da sala, então foi muito legal ver meu pai fazendo isso.”

O pai da médica afirmou que a cirurgia ocorreu bem e até elogiou sua filha. “Foi um caso bastante complicado e ela fez um trabalho muito bom. Que esta seja a primeira de muitas cirurgias”, diz ele.