Embrião de dinossauro perfeitamente conservado é encontrado por cientistas na China

Estima-se que ele date, pelo menos, 66 milhões de anos atrás. A descoberta trouxe mais evidências das semelhanças entre aves e dinossauros

Resumo da Notícia

  • Embrião de dinossauro perfeitamente conservado é encontrado por cientistas na China
  • Estima-se que ele date, pelo menos, 66 milhões de anos atrás
  • A descoberta trouxe mais evidências das semelhanças entre aves e dinossauros

Um grupo de cientistas anunciou na última terça-feira, 21 de dezembro, a descoberta de um embrião de dinossauro perfeitamente preservado, que data ao menos de 66 milhões de anos atrás e que se preparava para sair do ovo! A descoberta foi feita em Ganzhou, no sul da China. O fóssil pertence a um dinossauro terópode sem dentadura, ou ovirraptossauro, que os cientistas chamaram de “bebê Yingliang”.

-Publicidade-

A descoberta, como apontada pelo jornal IstoÉ, reforça relação entre aves modernas e dinossauros por causa da postura do embrião. De acordo com o cálculo dos cientistas, o embrião tem cerca de 27 centímetros e está amontoado dentro do ovo, com a cabeça entre as pernas, com os pés para os lados, o que até agora só havia sido encontrada em dinossauros aviários, de acordo com o estudo. O ovo tem uma forma alongada e 17 centímetros de comprimento.

A descoberta aproximou ainda mais as aves dos dinossauros (Foto: reprodução UOL / Handout / UNIVERSITY OF BIRMINGHAM / AFP)

“Esta postura é muito semelhante à das aves atuais quando os seus ovos estão prestes a eclodir, e pensamos que os dinossauros teriam eclodido de forma semelhante às aves da nossa época”, disse uma das cientistas, Fion Ma Wai-sum, ao jornal de Hong Kong South China Morning Post. Ela acrescentou, ainda, que esse é um dos menores embriões de dinossauros já encontrado.

Semelhança com as aves

A forma na qual o embrião de dinossauro está posicionado dentro do ovo é muito semelhante com as que as aves costumam ficar, relatou o estudo. No caso das aves, essa posição de estar amontado e com a cabeça entre as pernas se chama “dobramento”. Nesse caso, os pintinhos que se preparam para sair do ovo põem a cabeça debaixo da asa direita para mantê-la estável enquanto quebram a casca com seus bicos.

Embrião de dinossauro perfeitamente conservado é encontrado por cientistas na China
Embrião de dinossauro perfeitamente conservado é encontrado por cientistas na China (Foto: reprodução UOL / Handout / UNIVERSITY OF BIRMINGHAM / AFP)

Os embriões que não conseguem fazer esse movimento e ficar nesta posição tem mais chances de fracassar na hora de sair do ovo para a vida externa. Para Fion Ma Wai-sum, “isso indica que tal comportamento nas aves modernas primeiro evoluiu entre os dinossauros, seus ancestrais”.