Empatia até demais! Animais de estimação também ganham peso durante a pandemia: entenda

Se se for ignorada, a obesidade em animais de estimação pode aumentar o risco de diabetes, doenças renais, hipertensão, artrite e até câncer

Resumo da Notícia

  • Animais de estimação são frequentemente celebrados por combinarem com os costumes de seus donos
  • No entanto, repetir os hábitos de donos estressados, obrigados a ficar em casa durante uma pandemia angustiante
  • E inclusive pode ser perigoso, aumentando o risco de diabetes, doenças renais, hipertensão, artrite e câncer

Animais de estimação são frequentemente celebrados por combinarem com os costumes de seus donos. No entanto, repetir os hábitos de donos estressados, obrigados a ficar em casa durante uma pandemia angustiante é menos cativante e potencialmente perigoso.

-Publicidade-

Veterinários em todos os Estados Unidos, segundo a CNN, estão percebendo ganho de peso e níveis mais altos de obesidade em animais de estimação desde o início da pandemia, disse Ernie Ward, veterinário e fundador da Associação para Prevenção da Obesidade em Animais de Estimação.

Ele ainda contou que recebe relatos de veterinários dizendo que estão “vendo mais ganho de peso este ano” do que nos anos anteriores: “[A pandemia] é a tempestade perfeita”. Além da angustia o aumento de peso tem uma explicação: mais petiscos dentro de casa e menos caminhadas fora.

-Publicidade-
Animais de estimação também ganham peso durante a pandemia (Foto: Getty Images)

Simon, um cachorro da raça corgi de Nova York, é exemplo vivo do que isso pode fazer à saúde de um cão. Desde março de 2020, a dona, Margaret McDevitt notou um aumento de peso no animal, mas o número é difícil de estimar por causa da penugem extra que cresce quando o pelo fica comprido.

“Durante a Covid, suas longas caminhadas definitivamente se tornaram mais curtas”, explicou ela. “Querer limitar a exposição com outras pessoas na rua era uma coisa – mas também, eles simplesmente não eram mais agradáveis. Estar perto de tantas pessoas, ter que usar uma máscara […] é apenas uma experiência diferente”, disse McDevitt.

Como o estresse implica no ganho de peso dos pets

Segundo Ward, há outro fator presente no ganho de peso e na obesidade dos animais de estimação: o estresse. “Quando você está estressado ou ansioso, seu cérebro desperta uma cascata de substâncias neuroquímicas que o estimulam a comer”, disse. Os animais de estimação percebem isso. “Eles tendem a assumir esses atributos emocionais, porque são altamente empáticos”, explica Ward.

O estresse faz o animal comer mais também (Foto: Shutterstock)

Conforme o veterinário, os donos devem manter o peso de seus animais de estimação sob controle, apesar de quão fofa essa penugem extra possa ser. Se se for ignorada, a obesidade em animais de estimação pode aumentar o risco de diabetes, doenças renais, hipertensão, artrite e câncer.

Também pode encurtar a vida de um animal de estimação em mais de dois anos. Um estudo de 2019 descobriu que a vida útil de cães com excesso de peso era, em média, até dois anos e meio mais curta do que seus pares caninos com peso saudável.