Enfermeira arrecada fundos para ajudar recém-nascida que perdeu a mãe com Covid-19

Uma enfermeira se comoveu com a história de Carmen, bebê que perdeu a mãe pela Covid-19

Resumo da Notícia

  • Uma mãe faleceu de Covid-19 três dias após dar a luz
  • Uma enfermeira se comoveu e resolveu arrecadar fundos para ajudar
  • Diversas pessoas participaram do projeto e doaram materiais para a bebê

A mãe, Emily Robison, faleceu de Covid-19 no dia 20 de setembro, três dias após dar à luz a primeira filha, Carmen. Devido às condições que a bebê se encontrava, uma enfermeira decidiu arrecadar dinheiro para ajudá-la.

-Publicidade-

“Eu sabia que algo estava errado naquela noite”, afirmou Robinson, marido da mãe, à CNN. “Eu podia sentir isso no meu peito. Parecia que Emily estava mais longe de mim do que ela já estava. No meu coração, parecia que ela estava muito fora de alcance”, continuou.

Emily e Robison
Emily e Robison, pais da criança (Foto: Reprodução / CNN)

“Mesmo que ela estivesse no hospital, sempre senti como se ela estivesse lá, segurando-se em mim. Mas, naquele momento, eu sabia que ela estava escapando”, acrescentou. Em poucos minutos, Robison afirmou que recebeu uma ligação do hospital afirmando que o coração de Emily havia parado.

“Depois disso, eu era apenas uma alma perdida”, disse. Vendo a situação do pai e da criança, uma enfermeira, decidiu ajudá-lo de alguma forma. A arrecadação tocou o coração de centenas outras pessoas que doaram materiais para o bebê.

A enfermeira também se pronunciou sobre o acontecido: “A imagem ficará para sempre gravada na minha cabeça. Ele estava apenas olhando atordoado. Isso quebrou meu coração em pedaços”. “Especialmente como enfermeira de UTI, a realidade da vida com esse vírus é que a história de qualquer paciente pode muito bem ser a nossa própria história algum dia e eu pensei comigo mesma ‘E se fosse eu sentada nesta cadeira olhando para o quarto do meu marido?'”, disse.

Emily ainda não havia sido vacinada, devido à má compreensão sobre a vacinação em mulheres grávidas. Ela havia sido contaminada pelo vírus após Robison ter contraído de uma pessoa que trabalhava com ele. O pai se recuperou rapidamente, mas Emily não resistiu.

“Antes de colocá-la no respirador, eu disse a ela que a amava mais do que tudo no mundo”, acrescentou. “Eu disse a ela algo que não deveria, prometi que ela voltaria para mim. Ela sussurrou que me amava e foi a última vez que falei com ela”, finalizou.