Enfermeira mostra consequências do coronavírus na Inglaterra: “Precisei carregar 40 corpos de vítimas”

Sally Goodright compartilhou no Facebook um depoimento onde deixa claro o que está acontecendo nos hospitais britânicos com a pandemia e faz apelo à população do mundo inteiro

Resumo da Notícia

  • Enfermeira fala sobre a realidade dos hospitais britânicos
  • Ela contou que precisou carregar 40 corpos de vítimas por falta de espaço para armazená-los
  • Em depoimento, ela fala sobre o quão sobrecarregados estão os profissionais da saúde
  • Ela faz apelo, pedindo que as pessoas respeitem os pedidos das autoridades
Sally Goodright (Foto: reprodução Facebook)

O governo britânico registrou até o momento mais de 6 mil mortes relacionadas ao novo coronavírus. O sistema de saúde local está sofrendo para conseguir lidar com o aumento dos números. A enfermeira Sally Goodright usou seu Facebook para contar um pouco sobre a realidade do que está enfrentando.

-Publicidade-

No relato ela contou o horror que presenciou ao precisar carregar 40 corpos de vítimas da covid-19 do necrotério para caminhões frigoríficos porque já não havia mais espaço para armazenar os corpos no West Mid Hospital. Ela disse também que os profissionais da saúde estão “tão sobrecarregados que não estão conseguindo lidar”.

“Tudo ficou particularmente perturbador quando vi nomes de pacientes que trato regularmente e nomes de pessoas queridas que eu não sabia que tinham morrido. Ficamos sem sacos de cadáveres, mas os mortos ainda estavam chegando das enfermarias”, contou.

-Publicidade-

Sally comentou que ela e outros profissionais precisaram dedicar horas do dia à retirada dos corpos, usando equipamentos de proteção completos, apesar do calor extremo, uma vez que as pessoas mortas ainda eram infecciosas.

Junto com o relato, a enfermeira lembrou às pessoas da importância de ficar em casa. “Que parte de ‘ficar em casa salva vidas’ essas pessoas não entendem? (…) Por favor, por favor, fique em casa. Eu quero voltar para a minha vida antiga”, desabafou.

Agora, você pode receber notícias da Pais&Filhos direto no seu WhatsApp. Para fazer parte do nosso canal CLIQUE AQUI!

-Publicidade-