Enfermeiro é diagnosticado com coronavírus dias após ser vacinado nos Estados Unidos

Matthew W. trabalha em dois hospitais e começou a sentir os sintomas depois de um plantão. Um teste rápido confirmou a infecção

Resumo da Notícia

  • Um enfermeiro americano foi diagnosticado com coronavírus depois de receber a vacina da Pfizer
  • Os sintomas apareceram cerca de 6 dias depois da primeira dose
  • O especialista explica que é necessário 10 a 14 dias para a vacina fazer efeito, além da segunda dose para imunização completa

O enfermeiro Matthew W., de 45 anos, testou positivo para o coronavírus após mais de uma semana que havia tomado a vacina da Pfizer. O caso que aconteceu na Califórnia, Estados Unidos, foi noticiado por uma filial da ABC News.

-Publicidade-
Ele percebeu os primeiros sintomas cerca de 1 semana depois de tomar a primeira dose da vacina (Foto: Getty Images)

O profissional, que atua em dois diferentes hospitais, fez uma postagem no Facebook no dia 18 de dezembro, contando que havia sido imunizado. Já ao site americano, ele contou que chegou a ficar com o braço dolorido por um dia, mas esse foi o único efeito colateral.

Na véspera do natal, exato seis dias depois, ele ficou doente após um plantão. Nesse dia, apresentou calafrios e fadiga. Através de um teste rápido, ele teve a confirmação de que estava infectado pela covid-19, no dia 26.

“Nós sabemos pelos testes clínicos da vacina que leva entre 10 a 14 dias para que você comece a desenvolver proteção para a doença”, explicou Dr. Christian Ramers, um especialista em doenças infecciosas no Family Health Centers of San Diego, a filial da ABC News. Além disso, ele enfatizou que as pessoas ainda precisam receber a segunda dose para proteção completa.