“Engravidei aos 12 anos após um abuso. Era responsabilidade dos meus pais ter denunciado”, conta influenciadora

“Meus pais me deram a opção de ficar com ele ou não. Eu não tinha nenhum discernimento para tomar essa decisão sozinha”, conta ela

Resumo da Notícia

  • A influenciadora Vivian Nascimento, 18, conta sobre abuso sexual que sofreu aos 12 anos de idade
  • Ela engravidou, teve o bebê e só conseguiu entender que foi abusada aos 16 anos
  • Ela postou vídeos no Tik Tok contando em detalhes como tudo aconteceu

Vivian Nascimento, influenciadora digital, pernambucana, de 18 anos, resolveu “gritar” para o mundo a dor que passou. Ela conta de foi vítima de abuso sexual e engravidou aos 12 anos de idade. Ela conta que nunca pensaram em fazer a denúncia e compartilha seu relato por um vídeo no Tik Tok, que já tem mais de 300 mil visualizações. A influenciadora ressalta ainda que é a primeira vez que ela fala sobre o assunto e só seu deu conta do que realmente aconteceu – que sofreu um abuso – há dois anos.

-Publicidade-
“Só fui entender o que tinha acontecido comigo aos 16 anos”, conta a jovem (Foto: Arquivo pessoal)

“Acho que também foi um erro dos meus pais. Era responsabilidade deles ter denunciado, eu era uma criança. Não tem como um adulto engravidar uma menina de 12 anos e sair impune”, afirma Vivian. Ela diz ainda que o rapaz dizia ter 15 anos, mas era mais velho e até hoje não sabe exatamente quantos anos ele tem.

Na gravação, Vivian diz que conheceu o homem pelo Instagram e que desde então ele a envolveu em um relacionamento que nem ela entendia o que estava acontecendo e ele começou a perseguí-la, mesmo quando dizia não.  “Ele chegou a tentar me atropelar uma vez quando disse que não iria para casa dele. Até que descobri que estava grávida, contei para ele e foi uma confusão”. Ela diz que não teve nenhum apoio dele e nem da família e que nunca mais conseguiu contato. Ainda assim, orientada pelos pais tentou pedis pensão e visitas para a filha, mas sempre foi ignorada.

Enquanto ela dá os detalhes, fica claramente nervosa ao voltar no assunto, mas segue com seu desabado. “Aos 16 anos eu quis denunciar e comecei a ir atrás. Mas foi muito sofrimento. Ninguém da minha família me apoiava, só minha irmã e meu namorado. Eu era menor de idade, não tinha condições de pagar um advogado, e como tinham se passado muitos anos, me sentia de mãos atadas”, disse a jovem em entrevista ao portal Universa.

Vivian diz que compartilhou sua história para alertar todas as meninas. E finalizou a entrevista ao portal Universa dizendo: “Até quando fiz 18 anos e resolvi falar no TikTok. Eu nunca tinha falado sobre isso, era um assunto que minha mãe não gostava que eu comentasse. Mas agora eu sou maior de idade e não queria mais guardar essa história. Eu recebi muitas mensagens de pessoas que passaram por algo parecido e de outras que ainda estão passando. Quero alertá-las. Ter uma conversa com essas meninas é muito importante”.

Assista agora o POD&tudo, o podcast da Pais&Filhos, com Miá Mello: