Entenda por que esse casal precisou pegar dois aviões para encontrar a filha recém-nascida

O casal Flavia e José contaram detalhes da viagem que fizeram até a Ucrânia para encontrar com a filha Manu, que nasceu em uma barriga de aluguel

Resumo da Notícia

  • Muitos casais que optaram por barriga de aluguel estão sendo impossibilitados de ver os filhos
  • O principal motivo é o número de voos cancelados devido a pandemia
  • Flavia e José contam como foi a viagem para conhecer a filha
  • A menina nasceu na Ucrânia e eles são de Buenos Aires
Casal encontra forma para conhecer filha (Foto: reprodução Globo)

A pandemia de coronavírus fez com que muitos planos fossem cancelados ou adiados, entre eles, os de famílias que optaram por ter filhos usando barrigas de aluguel. Muitos casais foram impedidos de buscar os bebês devido ao cancelamento dos voos, com isso, dezenas de recém-nascidos seguem esperando a chegada dos pais e mães.

-Publicidade-

Em entrevista ao Fantástico, o casal argentino Flavia e José compartilharam o que estão passando. Os dois se prepararam para um longo voo até a Ucrânia, país onde contrataram uma barriga de aluguel para terem um filho. No entanto, o bebê nasceu durante a pandemia a viagem dos dois precisou ser alterada.

Os dois conseguiram uma carona de Buenos Aires até Madrid em um voo de repatriação para cidadãos espanhóis. De lá, foram em um voo fretado até Kiev. Nesse voo, eles conheceram mais 8 casais que estavam passando pelo mesmo: tentativas de caminhos para chegar até o filho na Ucrânia.

-Publicidade-

Ao chegarem lá, precisaram, ainda, passar pela última etapa: ficar 11 dias em quarentena e realizar testes para a covid-19. Depois de 73 dias, o casal finalmente conseguiu conhecer a filha Manu.

Novo aplicativo Pais&Filhos Interativo: teste seus conhecimentos, acumule pontos para trocar por prêmios e leia conteúdos exclusivos! Para baixar, CLIQUE AQUI.

-Publicidade-