Família

Escola Municipal cria regra para alunas e causa polêmica: “Meninas deverão ir com roupas decentes”

O caso aconteceu em Tubarão

Izabel Gimenez

Izabel Gimenez ,filha de Laura e Décio

A escola se localiza na cidade de Tubarão (Foto: reprodução / instagram)

Na quinta-feira, dia 18 de julho, um caso gerou polêmica na internet. Isso porque, uma escola municipal da cidade de Tubarão, no sul de Santa Catarina, enviou um bilhete direcionado aos pais com informações sobre novas regras da escola. Entre elas, algumas são tradicionais: pontualidade, fazer tarefas sugeridas, etc, mas uma em questão chamou a atenção.

A escola Arino Bressan afirmou que as alunas deveriam ir com “roupas decentes” e sem maquiagem. De acordo com a revista Marie Claire, a mãe de um dos alunos se surpreendeu quando leu a nova regra da instituição. “Quando eu li achei ridículo. O que seria uma roupa decente para eles?”, questionou perplexa. “Tudo sem cabimento”, completa.

Escola cria regra para vestimentas das meninas (Foto: reprodução / instagram)

O documento enviado pela escola diz que as crianças da instituição só irão poder participar das aulas de educação física com o restante da classe se estiverem usando bermudas com o comprimento maior do que quatros dedos acima do joelho. Ainda na carta, eles explicam que as regras foram criadas junto a outros pais durante uma assembléia “com votação democrática e votação total dos pais presentes”.

Procurada pela revista, a Secretaria de Educação de Tubarão explicou através da assessoria de imprensa que “a mensagem enviada aos pais e responsáveis por alunos do estabelecimento escolar é referente à decisão coletiva, em assembleia de pais, ocorrida no início do ano e registrada no Projeto Político Pedagógico. O objetivo das recomendações é que os alunos utilizem trajes adequados para cada ativividade escolar”.

Leia também:

5 passos para estimular a inteligência emocional do seu filho

Você sabia que educação emocional virou matéria escolar?

Estudo revela: as mães estão se preocupando cada vez mais com o caráter dos filho