Especialista confirma que a poluição do ar em São Paulo diminuiu com a quarentena

O diretor-executivo do Instituto de Energia e Meio Ambiente (IEMA) confirma que já houve melhora na qualidade do ar na última semana

Resumo da Notícia

  • Especialista confirma que o ar de São Paulo melhorou na última semana
  • Carrros, ônibus e caminhões são emissores de poluentes
  • Com a quarentena, há menos veículos circulando
Diminuição da circulação de carros é uma das causas da melhora no ar de São Paulo (Foto: reprodução / Getty Images)

Com a pandemia de coronavírus, o governo de São Paulo tomou diversas medidas que reforçam a necessidade do isolamento social na capital. Por consequência disso, a poluição do ar diminuiu na cidade.

-Publicidade-

André Luís Ferreira, diretor-executivo do Instituto de Energia e Meio Ambiente (IEMA),  confirmou que a poluição foi fortemente reduzida desde a última semana. De acordo com o especialista, as emissões de monóxido de carbono e dióxido de nitrogênio abaixaram. Carros, ônibus e caminhões são a principal causa desses poluentes.

A poluição de São Paulo diminuiu desde o início da quarentena (Foto: reprodução / Getty Images)

Ainda é preciso uma análise detalhada comparando dados recentes com os do ano passado para garantir números exatos da redução da poluição. Mas André ressalta que a população não está errada ao acreditar que o ar está diferente, pois realmente houve uma melhora.

-Publicidade-

 

Agora, você pode receber notícias da Pais&Filhos direto no seu WhatsApp. Para fazer parte do nosso canal CLIQUE AQUI!

-Publicidade-