Especialistas alertam sobre possibilidade de novo surto do Zika Vírus

Novo surto de Zika Vírus coloca a comunidade mundial de cientistas em alerta e pesquisas começam a ser feitas

Resumo da Notícia

  • Cientistas alertam possível surto de Zika Vírus
  • Embora a doença na maioria dos casos seja leve, para grávidas é muito arriscado
  • Se a grávida for picada, o bebê mesmo no útero, podem ter sequelas como microcefalia

Pesquisadores alertam sobre um novo surto de Zika Vírus, sendo uma única mutação capaz de desencadear uma disseminação de teor mundial. A doença causou emergência global no ano de 2016, com muitos bebês nascidos com danos cerebrais após as mães serem infectadas com o vírus enquanto grávidas.

-Publicidade-

Os cientistas americanos alertam que o mundo deveria estar investigando as novas mutações do vírus da doença. Um trabalho feito no laboratório Cell Reports mostraram que o vírus pode se alterado, sendo criadas novas variantes.

Segundo a equipe do Instituto La Jolla de Imunologia, recentes infecções foram estudadas e indicam que as variantes estão sendo muito eficazes na transmissão do vírus, mesmo naquelas nações que já criaram imunidade aos surtos anteriores de Zika Vírus.

Pesquisas estão sendo feitas para ver a possibilidade de aumento dos casos do Zika Vírus
Pesquisas estão sendo feitas para ver a possibilidade de aumento dos casos do Zika Vírus (Foto: Shutterstock)

Os especialistas dizem que mesmo na teoria, vale um alerta que além do coronavirus, outros vírus podem ser uma ameaça.

Mudança de forma do vírus

O Zika Vírus é transmitido por picadas dos mosquitos Aedes, que estejam infectados. Os insetos são encontrados na maioria dos países das Américas (menos no Canadá e no Chile, onde é muito frio para sobreviverem) e em toda a Ásia.

Mesmo que para maioria, a doença seja algo mais leve, sem efeitos duradouros, ela pode ter inúmeras consequências para os bebês, mesmo que eles estejam no útero ainda. Se a mãe contrai o vírus no período de gestação, o feto pode ser prejudicado em desenvolvimento, tendo consequências como danos no tecido cerebral e microcefalia.

Sobre o Vírus

  • O vírus pode ser transmitido tanto pelos mosquitos, como sexualmente;
  • Não há números altos de morte por Zika vírus, sendo uma a cada cinco pessoas infectadas, que desenvolve sintomas;
  • As reações podem ser febre, dor nas articulações e erupções cutâneas;
  • Os cinetistas estão trabalhando em uma vacina contra o vírus para ajudar principalmente, as mulheres grávidas.
Além da picada, o Zika Vírus pode ser trasmitido por relações sexuais
Além da picada, o Zika Vírus pode ser trasmitido por relações sexuais (Foto: Reprodução/ iStock)

Investigações sobre a doença

O maior pesquisador sobre o assunto é o professor Sujan Shresta, que disse: “a variante do zika que identificamos evoluiu ao ponto em que a imunidade de proteção cruzada proporcionada pela infecção anterior por dengue não era mais eficaz em camundongos”.

O professor Jonathan Ball, especialista em vírus da Universidade de Nottingham falou para o veículo BBC sobre a pandemia atual e a relação delas, “Ouvimos muito sobre a rápida evolução e surgimento de variantes de coronavírus ultimamente, mas este é um lembrete oportuno de que a mudança de forma é um recurso comum compartilhado por tantos vírus”.

Pesquisas estão sendo feitas para confirmação de informações do Zika
Pesquisas estão sendo feitas para confirmação de informações do Zika (Foto: Getty Images)

“Este trabalho mostra a rapidez com que uma mudança de uma única letra na sequência do genoma de um vírus pode surgir e o forte impacto que pode ter na capacidade de doença de um vírus. Mas vírus que compartilham essas mudanças não são vistos com frequência em surtos. e, como os autores apontam, esses insights intrigantes exigem uma investigação mais completa” finalizou.