Esposa de Edson relembra internação do marido por Covid: “Sensação de impotência e pavor”

Em entrevista à Pais&Filhos, Deia Cypri abriu o jogo sobre o período que o sertanejo ficou no hospital e contou como esse momento foi para a família

Resumo da Notícia

  • Esposa de Edson relembra internação do marido por Covid
  • Ela contou como foi para a família o período em que ele ficou no hospital
  • Deia Cypri e Edson são pais de Bella, de 1 ano
  • Deia também contou como foi para a filha ficar longe do pai

Edson, da dupla com Hudson, ficou internado na Unidade de Terapia Intensiva durante 5 dias devido a complicações da Covid-19, além de outra semana internado no quarto. Depois do susto, o cantor recebeu alta e pôde voltar para a casa no dia 15 de março. A esposa do sertanejo, Deia Cypri, fala um pouco sobre esse período em que ele ficou no hospital e como foi recebê-lo novamente no lar, em entrevista à Pais&Filhos.

-Publicidade-
Esposa de Edson relembra momento em que ele ficou internado com Covid (Foto: reprodução Instagram)

“Esses dias que ele ficou no hospital foram pavorosos. Porque você não vivencia só a sua história, você vivencia outras histórias, vê a realidade do que está acontecendo dentro dos hospitais no Brasil. Você vê outras famílias passando por isso, outras pessoas na mesma situação que a sua. É uma sensação de impotência, medo, pavor. E ainda você acaba se sensibilizando pelas pessoas que estão ali no mesmo barco que você. Eu nunca na vida imaginei viver uma situação dessa”, começa ela, relembrando.

Bella, a filha do casal, que tem quase 2 anos, também sentiu as mudanças na família durante esse período que o pai ficou no hospital. “Foi bem difícil porque ela está muito acostumada comigo e com o pai em casa. Ela meio que nasceu e cresceu nesse período de pandemia, com a gente muito junto, muito em casa. Então ela sentiu falta realmente, o pai nunca ficou tanto tempo assim longe dela, então foi um período bem difícil.”, fala Deia, que também disse que contou muito com a ajuda da mãe e da irmã durante esse período.

Depois dos dias complicados, a alta veio como um presente. Para a apresentadora e influenciadora social, ela veio como uma conquista, que chegou diariamente, em cada evolução. A filha também comemorou a chegada do pai e da mãe. “Eu já tinha avisado minha mãe que estávamos voltando e ela conversou com a Bella, então ela sabia que a gente ia chegar”, relembra.

A volta dos dois foi motivo de comemoração na casa. Quando Deia e Edson chegaram, se depararam com a filha toda arrumada, segurando balões, na ansiedade à espera dos pais. “Ela queria o pai dela de todo o jeito”, conta. Deia disse, ainda, que ao longo dos dias em que eles ficaram no hospital, a mãe dela foi explicando para a neta tudo que estava acontecendo, aos poucos: ela já sabia que o pai estava doente e, por isso, não poderia vê-lo por um tempo. “Ela estava super ansiosa e só queria o pai”, diz.

Com todos os sustos e complicações, Deia conta que a família conseguiu tirar uma lição: a importância das pessoas e relacionamentos. “A cada momento que a gente atravessa, coisas boas e ruins, a gente consegue entender que o que mais importa nessa vida são as pessoas, a família, a saúde. Estarmos unidos, um apoiando o outro. A família é tudo que a gente tem”, completa Deia.