Estados Unidos pagará auxílio mensal para famílias com crianças pela primeira vez

Com objetivo de diminuir a pobreza infantil no país, a medida vai atender a 90% dos americanos, o equivalente 39 milhões de famílias

Resumo da Notícia

  • Pela primeira vez, os Estados Unidos pagará um beneficio mensal para as famílias com filhos
  • O valor será U$300 dólares, ou R$ 1.536, com o objetivo de combater a alta taxa da pobreza infantil no país, que chega a ser uma das maiores do mundo
  • A iniciativa faz parte de um programa do Biden para apoio econômico por causa da pandemia

O presidente Joe Biden anunciou, nesta sexta-feira dia 16 de julho, a criação de um benefício infantil pela primeira vez na história do país. Com pagamentos mentais de US$ 300 dólares, o equivalente R$ 1.536, 90% das famílias dos EUA com filhos serão beneficiadas – ou seja, 39 milhões de pessoas. Essa novidade deve combater a alta taxa de pobreza infantil no país, que chega a ser uma das maiores do mundo. O valor vai entrar na conta bancária a partir de 15 de julho e vai durar até o final de 2021.

-Publicidade-

“Acredito que este é um dia histórico para continuar construindo uma economia que respeite e reconheça a dignidade das famílias da classe trabalhadora e da classe média”, contou o presidente americano em discurso na Casa Branca. A vice-presidente ao lado de Biden disse ser um grande dia. “O crédito fiscal infantil está aqui para as famílias e crianças do nosso país, a ajuda já chegou. É um grande dia para a América”

O beneficio vai ajudar a 88% das crianças americanas a saírem da pobreza (Foto: Istock)

Os pagamentos podem reduzir a taxa de pobreza infantil nos EUA, que era 15% antes da pandemia e cresceu para 40%, e tirar 4 milhões de crianças da pobreza. Segundo o Departamento do Tesouro e a Receita americana, a ação vai atingir cerca de 88% dos meninos e meninas.

As famílias beneficiadas podem ter aumento da renda em 25% ainda no segundo semestre de 2021, afirma James Sullivan, professor de economia da Universidade de Notre Dame, a BBC. Com o dinheiro adicional na família, poderiam comprar itens caros que estariam fora de alcance antes, como carros. “Essas famílias tendem a gastar recursos adicionais em necessidades como alimentação, habitação (por exemplo, pagar aluguéis atrasados) e roupas”, disse James Sullivan a BBC. A entrada do dinheiro na conta das famílias americanos vai durar até o final de 2021, mas pode ser prorrogado até 2025, de acordo com Biden.

No plano econômico anunciado por Biden, o auxílio financeiro terá três valores diferentes – tudo dependendo da idade das crianças: para até 6 anos, as famílias vão receber até U$ 300 dólares por mês (R$ 1.536); menores de 6 e 17 anos, US$ 250 (R$ 1.280) para cada menino ou menina; e filhos dependentes com mais de 18 anos, aproximadamente U$ 50 (R$ 260).