Estamos de olho! Veja quais são os inseticidas reprovados pelo PROTESTE

E você não vai acreditar: nenhum dos produtos conseguiu acabar com os pernilongos!

(Foto: iStock)
(Foto: iStock)

Em tempos de doenças como febre amarela, dengue e zika, os inseticidas são essenciais para proteger a família toda e mantê-la longe de mosquitos transmissores, como o Aedes aegypti. Além disso, sabemos que é bem desagradável ter a casa invadida por baratas, moscas e pernilongos.

-Publicidade-

A Associação Brasileira de Defesa do Consumidor, conhecida como PROTESTE, realizou um teste sobre a eficácia dos inseticidas e divulgou o resultado com exclusividade para a Pais&Filhos. E o resultado foi alarmante: ao contrário do que vem na embalagem, você não está protegido do mosquito da dengue, nem dos pernilongos, pela ação de todos os produtos testados. O  teste foi realizado com as cinco marcas mais vendidas no mercado: Baygon Ação Total, Detefon Ação Total Clássico, Mortein Proteção Prolongada, Raid Multi Insetos e SBP Multi Inseticida.

O resultado mostrou também que, apesar da praticidade dos produtos em aerossol, alguns não são tão eficientes contra todos os insetos rasteiros e voadores que os fabricantes costumam informar na embalagem. Isso inclui mosquito da dengue e, principalmente, os pernilongos ou muriçocas, que são muito resistentes. A PROTESTE tentou combater cinco tipos comuns de insetos com as marcas testadas: baratas voadoras, baratinhas rasteiras, mosquitos da dengue (Aedes aegypti), pernilongos (Culex quinquefasciatus) e mosquitos da malária (Anopheles quasalis).

-Publicidade-

Na prática

A boa notícia é que todos os inseticidas se saíram muito bem na eficiência contra as baratas voadoras, com exceção do Detefon Ação Total Clássico, que não eliminou todas elas em 24 horas, mas foi classificado como bom. Já em relação ao tempo de ação, o Mortein Pro Proteção Prolongada foi o único classificado como muito bom, demorando somente 20 segundos para acabar de vez com as baratas voadoras. Para eliminar as baratinhas rasteiras, pode confiar de olhos fechados no Mortein e no SBP,  que mataram 100% delas.

Quando o assunto é o perigoso mosquito Aedes aegypti – transmissor da dengue, zika, chikungunya e febre amarela –, apenas o Baygon pode realmente proteger sua saúde, já que teve 100% de eficácia. Em relação ao tempo de ação, o único inseticida que se destacou também foi o Baygon, considerado bom, com pouco mais de 3min42s, seguido do Detefon (mais de cinco minutos e meio) e do Raid (seis minutos e meio). Vale alertar que, quanto menor o tempo de exposição de pessoas ou animais de estimação ao ambiente em que foi aplicado o produto, melhor.

Outra dica é não continuar aplicando o inseticida até as baratas ou mosquitos morrerem, já que leva um tempo para que isso aconteça depois da exposição ao veneno. Isso só serve para encher o ambiente de produto e deixá-lo mais perigoso.

A maior surpresa do teste foi que nenhuma das marcas testadas teve eficiência satisfatória quando usados contra os pernilongos. O Raid e o Baygon tiveram resultados muito ruins, entre 1,5 % e 6% de eliminação. Já o Mortein obteve eficiência de 12% (o dobro do segundo colocado), mas foi considerado somente ruim. Mas se você vai viajar para algum lugar com risco de malária, pode ficar tranquilo! Todos os produtos testados eliminaram o mosquito Anopheles quasalis.

Na tabela abaixo, você pode ver a avaliação completa:

(Foto: Divulgação/PROTESTE)
(Foto: Divulgação/PROTESTE)
(Foto: Divulgação/PROTESTE)
(Foto: Divulgação/PROTESTE)

Leia também:

Está na dúvida se o seu filho é alérgico? A gente te ajuda

Veja quais são os repelentes você deve comprar para proteger de verdade você e seu filho

Associações médicas recomendam vacina contra a dengue

 

-Publicidade-