Família

Estamos na torcida! Licença-maternidade de seis meses está perto de virar lei

Além disso, pai poderá acompanhar a mãe em consultas e exames durante a gravidez

Redação Pais&Filhos

Redação Pais&Filhos

licencamaternidade

 

O Brasil deu mais um passo rumo à licença-maternidade de 180 dias. O projeto de lei de Lei do Senado (PLS) 72/2017 foi aprovado, esta semana, na Comissão de Assuntos Sociais (CAS) do Senado.

O documento também prevê que o pai acompanhe a mãe do bebê em consultas e exames durante a gravidez. Como foi aprovado em caráter terminativo, caso não haja recurso para que a proposta seja analisada pelo plenário do Senado, o texto seguirá direto para a Câmara dos Deputados.

Dados da Sociedade Brasileira de Pediatria mostram que bebês que ficam seis meses ao lado da mãe têm reduzidas as chances de contrair pneumonia, desenvolver anemia ou sofrer com crises de diarreia. Portanto, se o projeto virar lei, teremos mais direitos e bebês mais saudáveis. Estamos na torcida!

Leia também:

Conheça a mãe que usa a licença maternidade para viajar pelo mundo

Após lei, licença-paternidade vira tendência em grandes empresas

Chegou a hora de voltar ao trabalho após a licença-maternidade. E agora?