‘Estou tomando a vacina por nós dois’, diz menino que perdeu pai para Covid-19

Davi, de 11 anos, foi ao posto usando camiseta com foto do pai, que morreu antes de ser vacinado

Resumo da Notícia

  • Um menino de 11 anos decidiu homenagear o pai ao se vacinar contra o coronavírus;
  • Davi, morador do Distrito Federal, disse que sentia alegria e tristeza ao se vacinar;
  • Flávio, pai de Davi, morreu no ano passado e não teve a chance de tomar o imunizante contra o vírus

Um menino de 11 anos decidiu homenagear o pai ao se vacinar contra o coronavírus. Davi, de 11 anos, personalizou uma camiseta com uma foto ao lado do pai com a seguinte frase: “Pai, estou tomando a vacina por nós dois. Muita saudade! Eu te amo!” para tomar a 1ª dose do imunizante.

-Publicidade-

Davi foi uma das primeiras crianças vacinadas contra Covid-19 no Distrito Federal neste domingo, 16 de janeiro. Queila, mãe de Davi, disse que o pedido de homenagear o pai veio da criança.

Queila e Davi homenagearam Flávio, uma das 600.00 vítimas do vírus no BrasilQueila e Davi homenagearam Flávio, uma das 600.00 vítimas do vírus no Brasil
Queila e Davi homenagearam Flávio, uma das 600.00 vítimas do vírus no Brasil (Foto: Reprodução G1)

Flávio Godoi, pai de Davi, morreu no ano passado aos 41 anos antes de ter a oportunidade de ser vacinado.

Após ser imunizado, o sentimento, segundo a família, era uma mistura de alegria e tristeza. “Ele [o pai] faleceu por conta dessa doença”, disse Davi.

Vacinação contra crianças no Brasil

A campanha de vacinação contra Covid-19 para quem tem entre 5 e 11 anos, no DF, começou neste domingo e segue para quem tem deficiência permanente ou comorbidades. No primeiro dia, 3.646 crianças foram imunizadas, segundo informações fornecidas pelo G1.

No dia 05 de janeiro, o Ministério da Saúde disse em coletiva de imprensa, que a previsão é que crianças de 5 a 11 anos de idade comecem a ser imunizadas contra a Covid-19 ainda este mês. Além disso, o órgão informou que não será necessária uma receita médica para que as crianças sejam vacinadas.