Família

Estudo comprova que sentimentos dos pais causam impacto na vida dos filhos

Novas pesquisas relacionam os níveis de estresse e o humor dos pais ao desenvolvimento das crianças

Ingrid Campiteli

Ingrid Campiteli ,filha de Sandra e Paulo

A pesquisa foi feita com mais de 700 famílias (Foto: Getty Images)

Um novo estudo da Michigan State University, encontra uma forte ligação entre o humor dos pais e o desenvolvimento das crianças, tanto mentais quanto comportamentais. A pesquisa analisou 730 famílias e o estresse relacionado a eles e chegaram a conclusão que quando os pais estão estressados e com sintomas de depressão, o desenvolvimento da linguagem é negativamente afetado.

Especificamente as crianças de 3 anos tinham menos habilidades linguísticas do que as outras. Embora ambos os gêneros tenham obtido resultados mais baixos de cognição quando estão vivendo com os altos níveis de estresse dos pais, os filhos apresentaram mais dificuldade do desenvolvimento do que as filhas, de acordo com a Psychology Today. O que também é interessante, é que mesmo a mãe estando com o humor positivo, o do pai ainda influenciava muito.

O estudo também descobriu que a saúde mental dos pais tem um efeito significativo sobre os problemas de comportamento entre crianças pequenas. Curiosamente, a depressão dos pais durante a infância dos filhos foi mais influente nas habilidades sociais futuras das crianças do que neles mesmo.

A principal pesquisadora Claire Vallotoon, professora associada ao desenvolvimento infantil, comentou as descobertas. “Há toda essa ideia que surgiu de pesquisas anteriores de que os pais realmente não têm efeitos diretos em seus filhos, mas aqui mostramos que os pais realmente têm um efeito direto sobre as crianças, tanto a curto quanto a longo prazo”.

Os pesquisadores sugerem que os pais que sofrem mais estresse podem não estar percebendo o que está acontecendo com os filhos, o que pode levar a atrasos na cognição e problemas comportamentais. Por isso é importante que os pais passem mais tempo com os filhos e assumam uma parte maior das responsabilidades parentais.

A conclusão das pesquisas, segundo a pesquisadora Tamesha Harewod, é que os pais possam cuidar deles mesmo para dar uma vida melhor para os filhos. Você é importante para os seus filhos, então você precisa cuidar de si mesmo”. Ela acrescenta: “Os pais não devem se sentir como se fossem menos viris, porque precisam de ajuda”.

Leia também: 

Estudo comprova que o segundo filho é o mais arteiro de todos

Estudo comprova que o sono dos pais só volta ao normal após 6 anos do nascimento do filho

Criança herda inteligência da mãe, diz estudo