Família

Estudo mostra o efeito do beijo no cérebro do bebê

A pesquisa foi realizada pelo Instituto de Tecnologia de Massachusetts (MIT), em Cambridge, nos Estados Unidos

Maria Luiza Cardone

Maria Luiza Cardone ,Filha de Carla e Luiz

Foto: Caitlin Cunnigham Photography

Mãe e filho trocando carinho (Foto: Reprodução/ Caitlin Cunnigham Photography)

Todos nós sabemos a importância do afeto entre pais e filhos, principalmente para criar elos. Pensando nisso, um estudo realizado pelo Instituto de Tecnologia de Massachusetts (MIT), em Cambridge, nos Estados Unidos revelou o efeito do beijo no cérebro de um bebê.

A pesquisa foi realizada por Rebecca Saxe – professora de neurociência cognitiva e chefe do departamento associado do Departamento de Ciências Cerebrais e Cognitivas – e o bebê dela, na época com apenas dois meses. O resultado saiu em 2015, mas apenas foi divulgado em 2017

Eles colocaram a mãe e o filho para fazer uma ressonância magnética enquanto eles trocavam carinho. O momento mais chocante foi quando a mãe deu um beijo na criança.

“No meu laboratório, no MIT, usamos a ressonância magnética para observar o fluxo sanguíneo no cérebro das crianças; lemos as histórias e observamos como a atividade cerebral muda em reação ao ambiente. Ao fazer isso, estamos investigando como as crianças reagem sobre os pensamentos de outras pessoas”, escreveu Rebecca.

Foto: Rebecca Saxe, Ben Deen, Atsushi Takahashi

Momento da ressonância magnética (Foto: Reprodução)

Esses pontos vermelhos e amarelos que você vê na foto acima, revelam uma explosão de oxitocina – conhecida popularmente como o hormônio do amor – que desperta sentimentos de carinho e apego. O beijo também ativa o sistema de recompensa do cérebro e libera:

  • Dopamina, o que nos faz sentir bem
  • Vasopressina que liga as mães com bebês e parceiros românticos uns aos outros e
  • Serotonina, o hormônio do prazer, que ajuda a regular o nosso humor

“Mãe e filho são um poderoso símbolo de amor e inocência, beleza e fertilidade. Embora esses valores maternos, e as mulheres que os incorporam, possam ser venerados, eles geralmente são vistos em oposição a outros valores: investigação e intelecto, progresso e poder”, concluiu a pesquisadora.

Fique por dentro do conteúdo do YouTube da Pais&Filhos:

Leia também:

Carla Perez curte férias em família em Londres e não dá para acreditar o quanto os filhos cresceram

Carla Perez posta foto com os filhos e dá para ver o quanto eles cresceram

Carla Perez se declara para a filha em festa de formatura e deu para ver que a menina