Estudo prova como ter animais de estimação melhora a saúde do seu filho

Eles são realmente os melhores amigos do homem

Pet em casa faz bem, sim! (Foto: iStock)

Uma pesquisa feita na Finlândia com mais de 390 crianças entre 2002 e 2005 mostrou que ter animais de estimação no primeiro ano de vida do bebê é superimportante para o seu filho, além de ser um companheiro para eles, os pets ajudam também na saúde das crianças . O estudo mostrou que as crianças que tiveram contato com os animais tiveram menos chances de ficar doente.

Por incrível que pareça, aqueles bebês que estavam em lugares limpos (até demais) tiveram mais problemas. Parece brincadeira, mas é real! Para descobrir isso, os pais tiveram que fazer registros todas as semanas sobre a saúde do filhos e anotaram todos os detalhes: tosse, nariz escorrendo, infecções no ouvido e mais!

E o resultado impressionou! Os pesquisadores analisaram todos os registros e perceberam que as crianças que tinham animais, como por exemplo gato e cachorro, tinham 44% de chance a menos de ter alguma infecção no ouvido e precisa 29% a menos de de antibióticos, comparando com as famílias que não tem nenhum pet.

Vale todos os tipos de bicho, mas os cães foram os que mais ajudaram. As crianças que tinham um dog para fazer companhia tiveram 31% a mais de chance de serem saudáveis, enquanto apenas 6% dos que tem um gato em casa. Não da para saber exatamente qual o motivo disso, mas a teoria que existe é que os pelos e micróbios dos animais podem ajudar a desenvolver o sistema imunológico do bebê. Legal, né?

Leia também: 

Ter um cachorro faz bem para seu filho!

Convívio com gatos torna as crianças mais resistentes à asma, mostra estudo 

Sem espirros: Conheça animais de estimação para crianças alérgicas