Estudo prova que redes sociais deixam as mães inseguras

A pesquisa analisou 500 mulheres

 

-Publicidade-

 

(Foto: Reprodução / GettyImages)

Um estudo feito pela Refinery29.com revelou que as mídias sociais podem ter um impacto negativo na forma que os pais se veem. Os pesquisadores estudaram 500 mulheres canadenses e descobriram que aplicativos como Instagram, Facebook e Twitter fazem com que as mães se sintam inseguras sobre a maternidade.

-Publicidade-

82% afirmaram que se comparam a outras mães na internet e 69% disseram ter insegurança na forma que encaram a maternidade. 39% das mães pesquisadas se veem não cumprindo as expectativas em relação ao corpo pós-parto. Já 53% das mães acreditam que a mídia social fornece uma descrição precisa da maternidade, mas apenas 24% daquelas que não são mães concordam.

Sobre as postagens que as mulheres fazem com os filhos nas redes sociais, o estudo mostrou que uma em cada quatro mulheres compartilham fotos das crianças todos os dias, e o principal motivo foi manter amigos e familiares atualizados, (61%). Apenas 5% disseram nunca postar fotos dos filhos, afirmando que a privacidade é a prioridade.

Leia também:

Estudo afirma que UTIs pediátricas possuem mais bactérias do que de pacientes adultos

Estudo comprova que morar em ruas ou avenidas movimentadas pode afetar a saúde do bebê

Estudo revela que cerca de 20% dos pais são chamados de ‘ruins’

Fique por dentro do conteúdo do YouTube da Pais&Filhos:

 

 

 

-Publicidade-