“Eu, a irmã e a prima do meu parceiro estamos grávidas e nós três queremos dar o mesmo nome ao bebê”

Uma mãe foi até um fórum online para desabafar sobre uma briga envolvendo o nome dos futuros bebês da família

Resumo da Notícia

  • Uma mãe foi até um fórum online para desabafar sobre uma briga envolvendo o nome dos futuros bebês da família
  • Ela contou que ela, a irmã e a prima do parceiro dela estão grávidas
  • Os três bebês vão nascer com uma distância de 2 meses
  • As três mães, no entanto, querem dar o mesmo nome às crianças

Uma mãe decidiu ir até o fórum online Mumsnet para fazer um desabafo depois que descobriu que duas pessoas da família do marido dela estão grávidas e pretendem dar aos bebês o mesmo nome que ela escolheu para o filho dela. A mãe disse que ela, a irmã e a prima do marido dela vão dar à luz com uma distância de dois meses uma da outra.

-Publicidade-

Em busca de ajuda, ela foi até o fórum online e contou que a sogra a avisou recentemente que um nome em particular estava “fora de cogitação”, porque a prima do marido dela já havia decidido usá-lo. Mas a grande questão é que esse nome é justamente o que ela tinha escolhido para o filho dela e, tempos depois, eles descobriram que também é o nome que a irmã do marido dela estava considerando.

"Eu, a irmã e a prima do meu parceiro estamos grávidas e nós três queremos dar o mesmo nome ao bebê"
“Eu, a irmã e a prima do meu parceiro estamos grávidas e nós três queremos dar o mesmo nome ao bebê” (Foto: Getty Images)

Agora, a infeliz coincidência está deixando as três mães confusas, sem saber qual a coisa certa a se fazer. “Meu parceiro e eu estamos esperando um menino em agosto. A irmã do meu parceiro está esperando um menino em setembro e a prima dele está esperando um menino em outubro. Você provavelmente pode adivinhar onde isso vai dar! Fomos informados hoje pela mãe do meu parceiro que um certo nome está ‘fora da mesa’ porque a prima escolheu ele. Este é o nome que decidimos também. A irmã do parceiro o tem como segunda escolha, aparentemente”, começou ela, contando.

“Estamos sendo irracionais ao pensar que, como provavelmente vamos ter o bebê primeiro, então podemos escolher o que quisermos? Ou isso é um pouco egoísta? Todos eles têm sobrenomes diferentes e mal vemos a prima de qualquer maneira”, perguntou ela, ao finalizar a publicação.

Apesar de não contar qual é o nome, a mãe contou nos comentários que o nome era o mesmo do avô do parceiro, por isso era uma opção tão popular dentro da família. Nos comentários, os internautas foram a favor da mãe. “O bebê que nascer primeiro recebe o nome primeiro”, disse uma. “Ninguém tem o direito de falar se você pode ou não chamar seu filho como você quer. Seu bebê, sua escolha”, pontuou outra. “Ninguém é dono de um nome. Use o que quiser. Mas não fique zangado se usarem o mesmo nome”, disse um terceiro.