Família de Nick Cordero desabafa após ator perder luta contra coronavírus

A ator enfrentou uma longa batalha desde que ficou internado, em março, e deixou a esposa, Amanda Kloots e o filho de dez meses de idade, Elvis

Resumo da Notícia

  • Nick Cordero não resistiu ao novo coronavírus
  • Ele estava internado desde março de 2020
  • O ator teve uma melhora, mas no dia 20 de maio começou a piorar
  • Ele deixou a esposa e o filho do casal, Elvis
Ele deixou a esposa e o filho de 10 meses (Foto: reprodução / Instagram @amandakloots)

Aos 41 anos, após enfrentar diversas complicações do novo coronavírus, Nick Cordero não resistiu. O ator, famoso pela série Lei & Ordem e também por ser um astro na Broadway, deixou a esposa, Amanda Kloots, e o filho de dez meses do casal, Elvis. Ele ficou internado desde março no Hospital Cedars-Sinai, em Los Angeles, e chegou a amputar a perna direita por causa do covid-19.

-Publicidade-

Pelo Instagram, Amanda fez um desabafo ao dar a notícia: “Deus tem outro anjo no céu agora. Meu querido marido faleceu esta manhã. Ele estava cercado de amor por sua família, cantando e orando enquanto deixava gentilmente esta terra. Estou incrédula e ferida em todos os sentidos e lugares. Meu coração está partido porque eu não consigo imaginar nossas vidas sem ele. Nick era uma luz tão brilhante. Ele era amigo de todos, adorava ouvir, ajudar e principalmente conversar. Ele era um ator e músico incrível. Ele amava sua família e adorava ser pai e marido. Elvis e eu sentimos sua falta em tudo o que fazemos, todos os dias”, lamentou.

Em seguida, ela continuou e agradeceu ao médico que cuidou de Nick: “Para o médico extraordinário Dr. David Ng, você era meu médico positivo! Não há muitos médicos como você. Gentil, inteligente, compassivo, assertivo e sempre ansioso para ouvir minhas idéias loucas ou ligar para outro médico para mim para uma segunda opinião. Você é um diamante em bruto”.

-Publicidade-
Ele chegou a amputar a perna direita por causa da doença (Foto: reprodução / Instagram @amandakloots)

Complicações

Ao ter sintomas de pneumonia, o ator foi internado e chegou a ter dois resultados negativos para o novo coronavírus antes de descobrir que estava com a doença. Ao ser colocado em coma induzido, precisou ainda fazer diálise para os rins, que já não funcionavam bem. Durante o tratamento, Nick enfrentou diversos problemas, inclusive os coágulos que se formaram em uma das pernas, que não puderam ser controlados com a medicação.

Um bom tempo sem receber visitas, Amanda atualizou a família e os amigos pelas redes sociais e pediu diversas vezes por orações. Depois de um tempo, Nick precisou amputar a perna direita. O ator chegou a apresentar melhoras ao sair do coma e abrir os olhos pela primeira vez, mas no dia 20 de maio, a esposa contou que ele piorou de novo.