Família leva golpe e perde 65 mil reais ao tentar comprar casa online

Os parentes juntaram dinheiro por 35 anos para realizar o sonho de ter um imovel na Praia Grande. Ao chegar no local, descobriram que outra família também havia comprado a casa

Resumo da Notícia

  • Uma família sofreu um golpe ao tentar comprar uma casa no litoral de São Paulo e perdeu 65 mil reais.
  • Os parentes, que moram em Osasco, se interessaram por um imovel que fica na Praia Grande e estava anunciado em um site de vendas e compras online
  • Ao prosseguir com a negociação remota e realizar o depósito na conta da vendedora, o casal e a filha descobriram que outra família pretendia se mudar para a mesma casa

Uma família sofreu um golpe ao tentar comprar uma casa no litoral de São Paulo e perdeu 65 mil reais. Os parentes, que moram em Osasco, se interessaram por um imovel que fica na Praia Grande e estava anunciado em um site de vendas e compras online. Ao prosseguir com a negociação remota e realizar o depósito na conta da vendedora, o casal e a filha descobriram que outra família pretendia se mudar para a mesma casa.

-Publicidade-
A casa fica na Praia Grande (Foto: Reprodução / UOL)

Julia Paes, de 18 anos, conversou a UOL e explicou o caso. Segundo a jovem, ela e os pais foram visitar o imovel no dia 28 de março, após a corretora, que se identificou como Fabiano, insistir na visita. “Quando chegamos lá, tinham quatro pessoas na casa, que se identificaram como os inquilinos do imóvel, eram dois adultos e duas crianças. Nos receberam muito bem e eles mostraram os cômodos da casa. Depois da visita, sinalizamos que queríamos a casa”, contou.

Em menos de uma semana, no dia 2 de abril, a família resolveu oficializar a compra e foi até o cartório, acompanhados dos proprietários, um idoso e uma mulher. “Dois golpistas”, comentou Julia. O negócio foi assinado e o pai da jovem transferiu a quantia de 65 mil reais para a conta da mulher, que logo depois de receber o depósito “sumiu”, como contam os parentes.

-Publicidade-
A família perdeu a economia de 35 anos (Foto: Reprodução / UOL)

“Meus pais ficaram preocupados com o desaparecimento e decidiram ir novamente na casa em Praia Grande. Quando chegaram lá, encontraram uma outra família, que estavam cheios de mudança, e disseram que também tinham comprado aquela casa, ou seja, as duas famílias levaram o golpe juntas”, conta Julia. “Eles receberam R$ 65.000 da gente e dessa outra família”, explicou a estudante.

De acordo com a filha, o dinheiro tinha sido guardado pelo pai durante anos, já que ter uma casa na praia era um sonho de toda a família. “Foi muito difícil, muito complicado, ficamos muito tristes e até hoje estamos assim. No mesmo mês a gente contratou um advogado e estamos até agora na procura por eles [os falsos corretores]. Foi um dinheiro que meu pai guardou por 35 anos, perdemos um dinheiro muito grande para realizar um sonho nosso que, infelizmente, foi jogado no lixo”, finaliza.

-Publicidade-