Família precisa mudar de casa para poder viver com porco de estimação

Donos de um porco, a separação se deu devido à uma ordem da vigilância sanitária

Resumo da Notícia

  • Uma família de Água Clara (MS), a 190 km de Campo Grande, foi obrigada a se livrar de seu porco de estimação no início do mês passado;
  • A separação se deu devido à uma ordem da vigilância sanitária;
  • Entretanto, o amor pelo animal é tão grande que a família decidiu mudar de casa.

Uma família de Água Clara (MS), a 190 km de Campo Grande, foi obrigada a se livrar de seu porco de estimação no início do mês passado – devido a uma ordem da vigilância sanitária. Entretanto, o amor pelo animal é tão grande que a família decidiu mudar de casa.

-Publicidade-

Tudo começou quando um vizinho da família denunciou a família por criar o animal em casa. E de acordo com o Uol, a  lei da cidade  não a  criação de animais como porcos, galinhas e outros dentro da área urbana. Após a restrição, a família decidiu mudar.

“Nós decidimos ir embora da ‘cidade’ e voltar a viver no sítio, assim fica mais fácil para todo mundo e a gente não precisa brigar pelo direito de termos o porquinho como animal de estimação”, explica Michele da Conceição, dona do animal, em entrevista ao Uol.

-Publicidade-
Família se muda para viver com porco (Foto: Freepik)

A família se mudou então da zona urbana de Água Clara, para a zona rural, onde não há o mesmo problema sanitário.  Michele conta que a família ficou longe do animal por  três semanas difíceis para todos da família: “Meus filhos e a gente também, sofremos muito com a distância do porquinho, ninguém se acostumou”, comenta.

Michele chegou a procurar um advogado para descobrir uma forma de conseguir uma autorização para que o animal ficasse com eles. “Ele pediu pra ver a lei da cidade, ia dar muito trabalho”, garante. Foi então que a família saiu da zona urbana e passou a viver em um sítio em outra cidade – onde puderam ficar com o porco.