Familiares de passageiros aguardam informações sobre acidente aéreo na Indonésia

Familiares e amigos de passageiros do voo SJ182, da companhia indonésia Sriwijaya Air, reuniram-se no último sábado, 9 de janeiro, nos aeroportos de Jacarta e de Pontianak

Resumo da Notícia

  • Familiares e amigos de passageiros do voo SJ182, da companhia indonésia Sriwijaya Air, reuniram-se no último sábado, 9 de janeiro, nos aeroportos de Jacarta e de Pontianak
  • Eles estavam em busca de informações após a confirmação de que o Boeing 737-500 havia se acidentado
  • Apenas quatro minutos após sair da pista de voo, o avião sumiu dos radares por volta de 4h40 no horário de Brasília

Familiares e amigos de passageiros do voo SJ182, da companhia indonésia Sriwijaya Air, reuniram-se no último sábado, 9 de janeiro, nos aeroportos de Jacarta e de Pontianak, locais de partida e destino do avião, respectivamente, em busca de informações após a confirmação de que o Boeing 737-500 havia se acidentado.

-Publicidade-
Avião cai na Indonésia (Foto: Reprodução G1)

Entenda o ocorrido

No último sábado, 9 de janeiro, um avião desapareceu na Indonésia poucos minutos após levantar voo e caiu perto de Jacarta, capital do país. Pertencente à companhia aérea Sriwijaya Air, o Boeing 737-500 levava a bordo 62 pessoas: 40 adultos, 10 crianças e 12 tripulantes.

Apenas quatro minutos após sair da pista de voo, o avião sumiu dos radares por volta de 4h40 no horário de Brasília, logo após perder mais de 10 mil pés de altitude em menos de um minuto, de acordo com o site especializado FlightRadar24.

O avião tinha 7 crianças e 3 bebês (Foto: iStock)

O CEO da empresa aérea garantiu que a aeronave tinha total condições de fazer o voo. O avião faria uma viagem de uma hora e meia, saindo de Jacarta. Na madrugada deste domingo, 10 de janeiro, foram encontradas as duas caixas-pretas do Boeing, de acordo com as autoridades do país.

Além disso, Yusri Yunus, porta- voz da polícia de Jacarta, confirmou que encontrou partes de pertences e corpos dos passageiros do voo. Agora, as autoridades estão trabalhando para identificá-los. Joko Widodo, presidente da Indonésia, prestou suas “profundas condolências” aos familiares das pessoas que morreram no acidente.