Famílias registram a própria história ao trocar o mesmo cartão de aniversário por 50 anos

Tudo começou quando um homem reaproveitou um cartão de aniversário para enviar à irmã

Resumo da Notícia

  • Há quase 50 anos, Dave Saunders começou uma tradição que integraria a família por décadas;
  • Tudo começou quando o homem reaproveitou um cartão de aniversário para enviar à irmã;
  • Desde então, o ritual se manteve e hoje são cerca de 30 cartões circulando na mesmo família.

Há quase 50 anos, Dave Saunders começou uma tradição que integraria a família por décadas. Tudo começou quando o homem reaproveitou um cartão de aniversário para enviar à irmã. Desde então, o ritual se manteve e hoje são cerca de 30 cartões circulando na mesmo família.

-Publicidade-

Os cartões têm linhas de assinaturas e notas entre si – com o cartão mais antigo datando de 49 anos.  Muitos estão cheios de manchas de chá e rabiscos infantis. John, é filho de Dave e já recebeu inúmeros cartões, disse ao Kennedy News: “É um registro adorável da história de nossa família. Nunca soubemos o quão grande isso ficaria”.

Cartão de aniversário (Foto: Kennedy News)

“O que recebi no meu 33º aniversário foi de 1988 – faz 33 anos. “É surpreendente que tantas pessoas amem e queiram iniciar a tradição. Ouvi no rádio, anos atrás, que algumas famílias tinham cartões com 20 ou 30 anos, mas nenhum tão antigo quanto o nosso. A tradição existe há 49 anos. Vamos continuar por mais 50 ou mais”, contou.

-Publicidade-

É absolutamente preenchido com a caligrafia de diferentes pessoas e você tem uma história completa de para quem ele foi. “Mamãe e papai estavam na época tentando economizar e reciclar. Eles decidiram reutilizar o cartão e então o repassaram”, contou. “A partir daí, começaram a circular entre a família. Depois foi encaminhado para os parceiros e com o passar dos anos, mais cartões foram acrescentados”, disse.

Com o passar do tempo, virou até uma questão de ecologia. “Colamos páginas na parte de trás para aumentá-lo. O cartão original tem páginas e mais páginas adicionadas. É quase um livro”, explicou John, que garantiu que a tradição permanecerá.

-Publicidade-