Fãs presenteiam mãe de Laís Caldas com totem em tamanho real de Gustavo Marsengo

Fãs da médica e ex-BBB de Laís Caldas presentearam a Cleusa, mãe da famosa, com um presente inusitado

Resumo da Notícia

  • Os fãs de Laís Caldas presentearam a mãe da ex-BBB com um presente inusitado
  • A novidade foi contada por meio do Instagram da irmã da médica
  • O presente mede cerca de 2 metros de altura

A Cleusa, mãe da médica e ex-BBB, Laís Caldas, recebeu um presente dos fãs da filha. A matriarca ganhou um totem em tamanho real de Gustavo Marsengo, seu atual genro. O objeto mede cerca de dois metros de alturas. Quem divulgou a história no Instagram foi a Nara Caldas, irmã de Laís.

-Publicidade-
Mãe de Laís Caldas ganha presente inusitado dos fãs da ex-BBB
Mãe de Laís Caldas ganha presente inusitado dos fãs da ex-BBB (Foto: Reprodução / Instagram)

“Minha mãe manda no grupo da família: Oh, meninas, olha o que chegou aqui em casa. É normal um trem desse tamanho na minha sala? Lais, o Gustavo já está aqui em Crixás”, disse Nara, sobre o presente recebido pela em Crixás, Goiás.

Passagem secreta?

Laís Caldas do BBB22, contou sobre a vida luxuosa que leva onde mora. Em 24 de março, Laís falou que mora em uma casa com passagem direta para o hospital da família e onde ela trabalha, em Crixás, Goiás.

Ela descreveu a ligação da casa com o hospital como “passagem secreta”. Foi feita uma escada para fazer essa conexão, assim, os médicos conseguem chegar mais rápido ao local. Na entrevista com Ana Clara – que também é ex BBB – a médica disse “Bem fácil e prático né? Trabalhava quase na minha casa”.

Escada de acesso da casa de Laís

“O hospital é do meu pai e a gente, quando dava plantão, era de madrugada. Então me ligavam para avisar quando tinha paciente. Eu tinha que passar pela rua. E era do lado! E meu pai falou: ‘Não, gente… é perigoso e tal’, aí fizemos uma rampa que dá acesso direto. Acordava quase na hora do trabalho” relatou Laís.

Ela também contou que quase desistiu do reality pois perdeu o pai dois meses antes do programa dar início. Porém, ela decidiu seguir em frente com a ideia do programa por ser um sonho tanto dela como do pai. “Meu pai estava bem. Ele foi viajar com a minha mãe, comemorar 40 anos de formado com a turma dele de Medicina. Ele foi para a festa e do nada, depois, ele começou a passar mal. Foi de uma vez. Quando minha mãe falou, ele foi afundando, eu já estava indo para Belém e não deu tempo” descreveu a sister sobre a morte do pai. Leia aqui a matéria completa.