Férias em família: todas as dicas para vocês aproveitaram o melhor do verão na praia!

Curtir o mar, sombra e água fresca é tudo de bom. Mas aproveitar tudo isso em família, é melhor ainda! Perrengues podem acontecer, mas o mais importante é estar preparado para ir à praia com as crianças. Separamos as melhores dicas para que essa viagem seja inesquecível!

 

-Publicidade-

A brisa do mar, o sol, o som suave das ondas – ah, sim, não se esqueça do seu bebê gritando e chorando logo depois da frustração por tentar comer areia. Curtir a praia com crianças não é fácil, mas é sim muito possível! Você provavelmente terá que lidar com birras por conta do protetor solar, passar por perrengues com as fraldas à prova d’àgua, colaborar na construção do castelo de areia e até passar por um quase acidente com ondas do mar.

-Publicidade-

Mas, brincadeiras à parte, ir à praia faz, sim, muito bem à saúde – para a sua e a dos seus filhos. Aquela sensação gostosa de energias renovadas não é à toa: a água do mar é capaz de tirar dores e tensões musculares e estimula a pele e a circulação, enquanto a brisa da costa alivia as vias respiratórias e alergias como asma, sinusite e resfriados. Então, para aproveitar bem a época mais quente do ano ao lado da família, partiu praia!

Vá de manhã bem cedo ou no fim da tarde

Os horários indicados para ir à praia com as crianças são entre 6h e 10h da manhã ou depois das 16h, por conta dos raios solares. Então, vale se programar para tomar um café da manhã com o pé na areia ou para um almoço adiantado. Se preferir, vá ao final da tarde, quando o sol já estiver mais baixo. Independente do período que escolher, é importante evitar ao máximo ficar muito tempo na praia no meio do dia, porque é nesse horário que os raios UV são mais fortes e danosos à pele – e isso vale principalmente para as crianças, mas para vocês, pais, também.

Domine a arte do protetor solar
A melhor maneira de aproveitar o filtro solar (tanto para crianças, quanto para adultos) é aplicá-lo ainda em casa. Dessa forma você não corre o risco de esquecer alguma parte do corpo e dá o tempo que ele precisa para secar  e começar a agir na pele. Mas não se esqueça de reforçá-lo ao longo das horas debaixo do sol, hein! Para potencializar a proteção, invista em roupas com proteção solar e chapéus.

Construa o espaço para a sua família
Antes dos filhos, você provavelmente se virava muito bem com um guarda-sol e algumas cadeiras. Mas agora, com as crianças por perto, e que querem brincar na areia, é preciso construir praticamente uma fortaleza na sombra. Então, além de alguns guarda-sóis, que tal investir em uma tenda? Assim todos terão espaço suficiente para aproveitar. Leve também cangas e toalhas compridas para acomodar todos os pequenos.

Faça uma reserva no carro
Para se prevenir do perrengue de falta de água doce, a dica é um encher garrafas de água e congelar um dia antes da ida à praia. Enquanto vocês estiverem na areia, deixe-as no carro e quando precisar durante o dia, vocês terão sempre bebidas geladas e em boa quantidade – de quebra, vocês ainda acabam economizando um dinheiro.

Não esqueça das toalhas!
Cada criança deve ter sua própria toalha, mas não exagere! Para diminuir o volume da mala, aquelas que têm tecido leve, estilo fralda de pano, são boas o suficiente para fazê-las se sentirem confortáveis e secas após um mergulho.

(Foto: Getty Images)
  • LISTA DO QUE LEVAR NA BOLSA

Leve mais de um protetor solar afinal, caso um acabe, encha de areia ou vocês percam, tem outro de reserva.

Opte por opções diferentes. Leve pelo menos um frasco de protetor em creme e outro em spray.

Sacolas ou bolsas com zíper servem pra guardar os protetores, roupas de banho e toalhas molhadas etc.

Garrafas de água. As térmicas são as mais indicadas.

Dinheiro trocado, assim fica mais fácil pagar por aquele sorvete ou milho.

Talco. Ele ajuda a limpar os pés na hora de ir embora.

Kit de primeiros-socorros: curativos, álcool em gel e uma pomada antibacteriana podem resolver pequenas emergências.

Bolsa de praia: Ela é muito necessária. Fundamental. E está mais do que liberado exagerar no tamanho! Opte por uma bolsa grande que caiba as coisas de toda a família, desde o protetor solar, trocas de roupas, os brinquedos, até óculos de sol e toalhas.

Não se esqueça dos lanches! Uma boa ideia é usar bolsas térmicas e que comportem bastante coisas. Ela vai dar conta de manter o lanche refrigerado e não vai ocupar tanto lugar no carro quanto aqueles coolers, que também são bem mais difíceis de carregar.

Comida à prova de areia: Iogurtes de potinho, suco de caixinha e frutas cortadas são apostas inteligentes. Se for levar sanduíches, corte-os em pedaços pequenos e embale-os em plástico-filme, assim, se algum cair no chão, vocês não perdem muita coisa.

Água nunca é demais! As altas temperaturas e o gasto de energia com as brincadeiras na praia fazem com que o corpo perca água com mais rapidez. Por isso é importante cuidar da hidratação. E crianças nem sempre se lembrar de beber água, por isso, essa missão é com você. Leve garrafas de água gelara, e para tornar esse momento ainda mais atraente, ofereça frutas em pedaços como melancia e melão, que possuem muita água em sua composição.

Poucos e bons brinquedos
Seus filhos não precisam de um arsenal enorme de brinquedos de praia. Além de dar trabalho para levar, cuidar e depois limpar, a praia já é interessante demais por si só e tem muitas atrações. Alguns baldes e pás para cada criança são suficientes para garantir a diversão. Aliás, que tal levar uma bola para incentivá-las a mexer o esqueleto?

Leve uma piscina infantil
Para bebês e crianças pequenas, uma pequena piscina inflável posicionada debaixo do guarda-sol é ótima maneira de entretenimento – e de garantir que seu filho estará seguro, perto de vocês e protegido do sol.Leve alguns brinquedos de banho para incrementar a brincadeira e não esqueça do protetor e chapéu.

Identificação para não se perder

Um instante de distração é suficiente para uma criança se afastar da família em um local como a praia. O ideal é procurar o posto de salva-vidas logo que chegar e pedir uma pulseirinha de identificação. Além disso, é importante conversar com as crianças e orientá-las para não se afastarem de onde a família está e, se isso acontecer, ou pedir que elas fiquem onde estão ou combinar um ponto de encontro.

Mar apenas acompanhado

Não tem como negar que o mar é a atração principal para muitas crianças. Mas o combinado deve ser feito antes mesmo de sair de casa: mar, apenas na companhia de um adulto. Para que o momento de diversão não vire algo perigoso, fique de olho também para que a altura da água não passe do umbigo da criança.

Escolha praias com atividades extras

Uma boa sugestão é pesquisar por praias que tenham um entretenimento embutido, como aluguel de prancha, passeios de barco ou coisas do tipo. A diversão é garantida!

Leia também:

27 dicas para curtir o verão com seu filho em segurança (e sem susto)

19 ideias diferentes para curtir ainda mais o primeiro verão do seu filho

Férias de verão: 22 ideias de programa para curtir um tempo em família

-Publicidade-