Fernanda Torres e Fernanda Montenegro farão especial de Natal sobre dinheiro e família

O programa é parte da série Amor e Sorte, produzida pela família das atrizes, e será exibido pela Rede Globo no dia 25 de dezembro

Resumo da Notícia

  • Fernanda Torres e Fernanda Montenegro irão, mais uma vez, contracenar juntas nesse final de ano de 2020
  • Mãe e filha protagonizarão um especial de Natal da Rede Globo que será exibido dia 25 de dezembro
  • O programa será parte da série Amor e Sorte, produzida pela família das atrizes

Fernanda Torres e Fernanda Montenegro irão, mais uma vez, contracenar juntas nesse final de ano de 2020. Mãe e filha protagonizarão um especial de Natal da Rede Globo que será exibido dia 25 de dezembro, depois da novela “A Força do Querer”. O programa será parte da série Amor e Sorte, produzida pela família das atrizes.

-Publicidade-
Fernanda Montenegro grava série com a família durante a quarentena (Foto: Reprodução Instagram @oficialfernandatorres)

Em uma coletiva de imprensa, as artistas contaram que dessa vez, as personagens Gilda e Lúcia se reencontrarão no Rio de Janeiro, nas vésperas de Ano Novo, durante um momento de problemas financeiros. “O assunto do especial é dinheiro, que é a questão da sobrevivência. Lúcia perdeu o emprego na pandemia, vai morar com a mãe, e o bode vai parar no Rio de Janeiro”, comenta Fernanda Torres.

Mãe e filha (Foto: Divulgação / Globo)

A atriz de 55 anos ainda chama a atenção sobre como o episódio falará especialmente para “pessoas em situações difíceis”, que ficaram sem esperança durante a pandemia. “Fomos confinados com as nossas famílias, e todo mundo tinha alguém no grupo de risco, em risco, e as pessoas obrigadas a conviverem como nunca tinham convivido antes. E quando a crise se estabelece no mundo, o que sobra é essa família, e isso foi o que emocionou”, explica.

-Publicidade-

Montenegro ainda conta sobre a produção dos episódios, já que a série foi gravada e elaborada por membros da própria família durante a quarentena. “Era uma família fechada em Petrópolis, os netos, os pais, a avó, um bode, dois câmeras, e saiu direito, porque as pessoas gostaram”, comenta Fernanda, que chamou as gravações de “aleluia interior” e uma “terapia ocupacional”.

E para os telespectadores, o desejo das Fernandas mais famosas do Brasil é que curtam o programa. “Espero que gostem, que amem, que curtam a gente, porque a gente trabalha querendo que amem a gente, a gente quer amor. Mas se vier a rejeição, a gente aceita com muita dignidade”, comenta a mãe.