Filha de André Gonçalves apoia desabafo da irmã sobre ausência do pai: “Eu te amo tanto”

Valentina Benini, filha do ator com a jornalista Cynthia Benini, comentou na publicação de desabafo da meia-irmã, Manuela Seiblitz

Resumo da Notícia

  • A filha de André Gonçalves, Valentina, apoiou a meia irmã, Manuela, que publicou um desabafo sincero nas redes sobre a ausência do pai
  • A menina é fruto do antigo relacionamento do ator com Cynthia Benini
  • Manuela mandou a real após o ator ser condenado a prisão domiciliar por dívida de pensão alimentícia de mais de R$ 100 mil

Uma das filhas do ator André Gonçalves, Valentina Benini, de 18 anos de idade, utilizou as redes sociais para apoiar a meia irmã, Manuela Seiblitz, que decidiu contar a verdade nesta última quarta-feira, dia 12 de janeiro, sobre a ausência do pai na sua infância e adolescência. As jovens são frutos de relacionamentos diferentes.

-Publicidade-

Valentina Benini comentou na publicação da irmã declarando seu apoio: “Eu te amo tanto, minha irmã”, escreveu a modelo. Assim como ela, a atriz Letícia Sabatella também deixou uma mensagem: “Eu te amo, Manu! Vc sempre foi a Luz da sua família”, afirmou ela.

Valentina Benini faz seu primeiro trabalho como modelo
Valentina Benini apoiou a irmã na publicação (Foto: Reprodução / Instagram / @valenbenini)

No Instagram, a menina falou sobre crescer sem a presença do pai nos momentos mais importantes de sua vida: como os primeiros passos, os aniversários e até as notas baixas. Segundo Manu, nem mesmo o dia do seu nascimento contou com a presença de André.

“Eu tenho 22 anos. Nasci dia 13 de fevereiro de 1999 – sábado de carnaval. Minha mãe me botou no mundo, o outro se atrasou pro parto e não me viu chegar”, iniciou Manuela. ” Aprendi a andar sem ele. Aprendi a ler, escrever e fazer contas sem ele. Tive meu primeiro ralado no joelho sem ele. Todas as apresentações de escola e de teatro sem ele. Minha primeira medalha na natação. Natal, réveillon. Festas de aniversário sem ele. Minha primeira nota baixa”.

Manuela fez um desabafo sincero sobre a ausência do pai
Manuela fez um desabafo sincero sobre a ausência do pai (Foto: Reprodução/ Instagram)

E continua, “Aprendi a desenhar, cantar e jogar bola sem ele. Aprendi a cozinhar sem ele. Aprendi a lavar a roupa, fazer faxina e mercado sem ele. Aprendi a andar de bicicleta sem ele. Aprendi a comer, tomar banho e escovar o dente sem ele. Fui a todos os médicos sem ele. Me botei pra dormir sem ele. E não há nada que ele possa me ensinar sobre como amar meus futuros filhos”.

Manuela termina o relato com um apelo para que outros pais não façam o mesmo que André. “Aos pais do mundo, sempre há tempo. Enquanto se está vivo, há tempo. Não percam a gigante oportunidade de conhecer os filhos de vocês”.

Pensão

Em novembro, o ator André Gonçalves , de 46 anos de idade, foi intimado pela Justiça de Santa Catarina para prestar esclarecimentos contra as dívidas envolvendo a pensão alimentícia da filha Valentina, de 18 anos de idade. A prisão domiciliar do artista foi também decretada na sentença. As informações foram divulgadas pelo portal de notícias Metrópole.

O processo foi movido pela ex-companheira de André, a jornalista Cynthia Benini, mãe de Valentina. O valor apurado da pensão mensal corresponde à R$ 4,5 mil, entretanto o ator se manteve inadimplente desde 2017 quanto ao montante estabelecido.

André Gonçalves e a filha, Valentina
André Gonçalves e a filha, Valentina (Foto: Reprodução AGNews, Fabio Moreno)

Ao longo dos anos, houve o acumulo da dívida que, devido aos juros e correção monetária, o valor total chegou aos R$ 352.579,01. Em julho deste ano, André Gonçalves teve o carro e a moto apreendidos por conta de determinação judicial.

No entanto, além Valentina, a ex-companheira do ator Tereza Seiblitz, afirmou que ele também deve R$109 mil de pensão há 10 anos para a filha mais velha Manuela Seiblitz, de 22 anos. A jovem trabalha como vendedora em uma loja em Santa Catarina.

De acordo com a sentença dada pela justiça, foi determinado que o artista ficará sob prisão domiciliar durante 60 dias, além de estar sujeito a monitoramento por tornozeleira eletrônica. O advogado de André, Sylvio Guerra, afirmou que o infrator irá cumprir todos os vereditos do judiciário.