Filha de André Gonçalves faz primeiro trabalho como modelo

O ator deve mais de R$352 mil reais de pensão alimentícia para a filha, Valentina Benini

Resumo da Notícia

  • Valentina Benini fez seu primeiro trabalho como modelo
  • A jovem é filha do ator André Gonçalves
  • O artista está passando por processo judicial por não pagar pensão às filhas

Uma das filhas do ator André Gonçalves, Valentina Benini, fez seu primeiro trabalho como modelo aos 18 anos, em Florianópolis, Santa Catarina. A jovem é filha do artista com a jornalista Cynthia Benini.

-Publicidade-

Na quinta-feira, 6 de janeiro, Valentina usou as redes sociais para compartilhar o trabalho. “Job de ontem”, escreveu ela na legenda do post.

Valentina Benini faz seu primeiro trabalho como modelo
Valentina Benini faz seu primeiro trabalho como modelo (Foto: Reprodução / Instagram / @valenbenini)

Pensão

Em novembro, o ator André Gonçalves , de 46 anos de idade, foi intimado pela Justiça de Santa Catarina para prestar esclarecimentos contra as dívidas envolvendo a pensão alimentícia da filha Valentina, de 18 anos de idade. A prisão domiciliar do artista foi também decretada na sentença. As informações foram divulgadas pelo portal de notícias Metrópole.

O processo foi movido pela ex-companheira de André, a jornalista Cynthia Benini, mãe de Valentina. O valor apurado da pensão mensal corresponde à R$ 4,5 mil, entretanto o ator se manteve inadimplente desde 2017 quanto ao montante estabelecido.

André Gonçalves e a filha, Valentina
André Gonçalves e a filha, Valentina (Foto: Reprodução AGNews, Fabio Moreno)

Ao longo dos anos, houve o acumulo da dívida que, devido aos juros e correção monetária, o valor total chegou aos R$ 352.579,01. Em julho deste ano, André Gonçalves teve o carro e a moto apreendidos por conta de determinação judicial.

No entanto, além Valentina, a ex-companheira do ator Tereza Seiblitz, afirmou que ele também deve R$109 mil de pensão há 10 anos para a filha mais velha Manuela Seiblitz, de 22 anos. A jovem trabalha como vendedora em uma loja em Santa Catarina.

De acordo com a sentença dada pela justiça, foi determinado que o artista ficará sob prisão domiciliar durante 60 dias, além de estar sujeito a monitoramento por tornozeleira eletrônica. O advogado de André, Sylvio Guerra, afirmou que o infrator irá cumprir todos os vereditos do judiciário.