Filha do Datena faz revelação surpreendente sobre o pai durante o programa Faustão na Band

O apresentador José Luiz Datena foi homenageado no quadro Arquivo Pessoal, do programa televisivo Faustão na Band. A filha do jornalista fez uma declaração emocionante para o pai e revelou que ficou anos sem vê-lo

Resumo da Notícia

  • O Datena participou do quadro Arquivo Pessoal no programa Faustão na Band
  • A filha do apresentador falou que passou anos longe do pai
  • Os dois, pai e filha, se encontraram de uma maneira inusitada

O programa Faustão na Band, que foi ao ar na última quarta-feira, dia 9 março, foi marcado pelo quadro Arquivo pessoa, dedicado ao jornalista, o Datena. Os depoimentos que os amigos e familiares fizeram ao apresentador, deixou ele completamente emotivo. Mas, em específico, a mensagem que a filha fez foi uma das mais marcantes e reveladoras.

-Publicidade-

A Letícia Wiermann, filha do Datena, declarou que passou cerca de nove anos sem falar com o pai. “Por motivos da vida e que também já passaram, eu fiquei nove anos aproximadamente sem ver o meu pai. A gente tinha se visto a última vez em Ribeirão Preto, a cidade onde eu nasci e cresci”

Ainda em declaração, a filha disse que permaneceu longe do pai durante a fase da adolescência. “E com 15 anos eu vim pra São Paulo para participar da final de um concurso de modelo e foi aí que meu pai entrou em contato e eu tive a oportunidade de me reencontrar com ele”, contou a filha.

Datena no programa do Faustão, na TV Bandeirantes (Foto: Reprodução/TV Bandeirantes)
Datena no programa do Faustão, na TV Bandeirantes (Foto: Reprodução/TV Bandeirantes)

A filha, que também é jornalista, contou ao público telespectador o seu sentimento em relação ao pai. “Pai, hoje eu tenho 35 anos, já faz 20 que a gente voltou a conviver. Eu queria te dizer que eu te amo demais. Você é definitivamente o melhor pai”.

Em devolutiva, o Datena respondeu: “Letícia é brava pra caramba, muito mais do que eu. Eu acho que não há coisa melhor na vida do que ver o sucesso dos filhos, acho que a gente vive para fazer com que os filhos tenham muito mais sucesso”.